Actualidade
Política

Zaire: Responsável pede imparcialidade aos comissários eleitorais

Zaire: Responsável pede imparcialidade aos comissários eleitorais
Foto por:
vídeo por:
DR

O presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) do Zaire exortou os comissários eleitorais a actuarem com imparcialidade, independência, isenção e transparência, uma altura em que o país se encontra num clima de pré-campanha eleitoral.

Pedro Dundo, que falava nesta sexta-feira, em Mbanza Kongo, na tomada de posse de 51 novos comissários eleitorais municipais, considerou que tal actuação vai contribuir na credibilização das eleições gerais do próximo ano, exortando-os a deixarem de lado os interesses partidários, primarem pela neutralidade e a cumprirem, rigorosamente, as normas estabelecidas na Constituição da República.

Segundo o responsável, citado pelo Jornal de Angola, a entrada de novos membros nas comissões eleitorais nos seis municípios da província permite que a CPE ganhe nova dinâmica e vitalidade, independentemente das origens políticas e partidárias de cada membro, defendendo que "os comissários devem contribuir na coesão do órgão e agirem na base do princípio de unidade na diferença", tendo ainda os encorajando a cumprir com zelo, dedicação e sem limitações a missão que lhes foi incumbida pela Assembleia Nacional, no âmbito da legislação eleitoral.

Os novos comissários municipais eleitorais do Zaire foram indicados pelo MPLA, UNITA, CASA-CE e FNLA. Nas últimas eleições gerais, o MPLA venceu no Zaire, com 51,29 por cento, elegendo três dos cinco deputados possíveis para o círculo eleitoral, tendo os outros dois assentos sido ocupados pela UNITA e CASA-CE, sublinha a fonte.

6galeria

Redacção

O presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) do Zaire exortou os comissários eleitorais a actuarem com imparcialidade, independência, isenção e transparência, uma altura em que o país se encontra num clima de pré-campanha eleitoral.

Pedro Dundo, que falava nesta sexta-feira, em Mbanza Kongo, na tomada de posse de 51 novos comissários eleitorais municipais, considerou que tal actuação vai contribuir na credibilização das eleições gerais do próximo ano, exortando-os a deixarem de lado os interesses partidários, primarem pela neutralidade e a cumprirem, rigorosamente, as normas estabelecidas na Constituição da República.

Segundo o responsável, citado pelo Jornal de Angola, a entrada de novos membros nas comissões eleitorais nos seis municípios da província permite que a CPE ganhe nova dinâmica e vitalidade, independentemente das origens políticas e partidárias de cada membro, defendendo que "os comissários devem contribuir na coesão do órgão e agirem na base do princípio de unidade na diferença", tendo ainda os encorajando a cumprir com zelo, dedicação e sem limitações a missão que lhes foi incumbida pela Assembleia Nacional, no âmbito da legislação eleitoral.

Os novos comissários municipais eleitorais do Zaire foram indicados pelo MPLA, UNITA, CASA-CE e FNLA. Nas últimas eleições gerais, o MPLA venceu no Zaire, com 51,29 por cento, elegendo três dos cinco deputados possíveis para o círculo eleitoral, tendo os outros dois assentos sido ocupados pela UNITA e CASA-CE, sublinha a fonte.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form