Arte e Cultura
Feira de Arte

“De Angola para o Mundo”, feira de arte aposta na promoção do turismo cultural por todo o país

“De Angola para o Mundo”, feira de arte aposta na promoção do turismo cultural por todo o país
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

Uma conferência de imprensa terá lugar amanhã, quinta-feira, no Palácio de Ferro, pelas 10h30, para apresentação da 1ª edição da Africell Luanda Feira de Arte / Art Fair Luanda, que, numa realização da produtora de eventos artísticos MAIA TANNER, é focada na promoção do turismo cultural em Angola, formalização do trabalho dos artistas plásticos e incentivo ao consumo das obras feitas no país.

É também no Palácio de Ferro onde se vai consagrar essa iniciativa, que, denominada “De Angola para o Mundo”, vai contar, de 19 a 21 deste mês, com 5 galerias expositoras, representando e mostrando directamente arte de alta qualidade por parte de cerca de 100 artistas angolanos, uma mostra individual, arte ao vivo e um programa de conversas, além de oferecer uma plataforma para artistas através de galerias, coleccionadores, curadores, críticos e jornalistas em Luanda para formalizarem, adicionarem valor e criarem conexões significativas na vanguarda da arte contemporânea em Angola, de acordo com a nota da organização, enviada ao nosso portal.

Para além das obras que serão expostas e rodadas por parte das galerias The Art Affair, ELA-Espaço Luanda Arte, Sky Gallery Espaço D´Arte, Tamar Golan e This Is Not A White Cube, haverá uma exposição individual da artista angolana Maria Belmira, uma homenagem singular a uma das mais relevantes da sua geração.

Mais de 40 moderadores e membros do painel do mundo das artes irão mostrar e discutir, debaixo do mesmo tecto, assuntos importantes como “Os Desafios das Galerias em Angola”, “Necessidade de um Museu de Arte”, “Formalização do trabalho artístico para a economia nacional”, “O Feminino na Arte em Angola” e outros.

Como citado na nota, a feira tem o importante e principal apoio da Africell e da Africell Impact Foundation, mas também do Ministério da Cultura, do Governo Provincial de Luanda, assim como da Espaços Angola, da Louca Loiça Decoração, da GEELY, da Xplore Angola - Agência de Turismo, da Made In Luanda, da Ayuê e da Água da Chela, que faz a organização compreender que “a arte tem enorme ´soft power´ e a promoção da arte, para além de deixar um legado, ajuda a desenvolver a identidade angolana e uma imagem mais forte do país, localmente e no estrangeiro”.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

Uma conferência de imprensa terá lugar amanhã, quinta-feira, no Palácio de Ferro, pelas 10h30, para apresentação da 1ª edição da Africell Luanda Feira de Arte / Art Fair Luanda, que, numa realização da produtora de eventos artísticos MAIA TANNER, é focada na promoção do turismo cultural em Angola, formalização do trabalho dos artistas plásticos e incentivo ao consumo das obras feitas no país.

É também no Palácio de Ferro onde se vai consagrar essa iniciativa, que, denominada “De Angola para o Mundo”, vai contar, de 19 a 21 deste mês, com 5 galerias expositoras, representando e mostrando directamente arte de alta qualidade por parte de cerca de 100 artistas angolanos, uma mostra individual, arte ao vivo e um programa de conversas, além de oferecer uma plataforma para artistas através de galerias, coleccionadores, curadores, críticos e jornalistas em Luanda para formalizarem, adicionarem valor e criarem conexões significativas na vanguarda da arte contemporânea em Angola, de acordo com a nota da organização, enviada ao nosso portal.

Para além das obras que serão expostas e rodadas por parte das galerias The Art Affair, ELA-Espaço Luanda Arte, Sky Gallery Espaço D´Arte, Tamar Golan e This Is Not A White Cube, haverá uma exposição individual da artista angolana Maria Belmira, uma homenagem singular a uma das mais relevantes da sua geração.

Mais de 40 moderadores e membros do painel do mundo das artes irão mostrar e discutir, debaixo do mesmo tecto, assuntos importantes como “Os Desafios das Galerias em Angola”, “Necessidade de um Museu de Arte”, “Formalização do trabalho artístico para a economia nacional”, “O Feminino na Arte em Angola” e outros.

Como citado na nota, a feira tem o importante e principal apoio da Africell e da Africell Impact Foundation, mas também do Ministério da Cultura, do Governo Provincial de Luanda, assim como da Espaços Angola, da Louca Loiça Decoração, da GEELY, da Xplore Angola - Agência de Turismo, da Made In Luanda, da Ayuê e da Água da Chela, que faz a organização compreender que “a arte tem enorme ´soft power´ e a promoção da arte, para além de deixar um legado, ajuda a desenvolver a identidade angolana e uma imagem mais forte do país, localmente e no estrangeiro”.

6galeria

Artigos relacionados

No items found.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form