Desporto
Futebol

Sporting de Cabinda soma primeiro ponto no Girabola

Sporting de Cabinda soma primeiro ponto no Girabola
Foto por:
vídeo por:
DR

A jogar com o seu equipamento habitual, verde e branco, o Sporting de Cabinda somou o seu primeiro ponto no Girabola Zap, ao empatar no domingo, nesta cidade, no estádio do Tafe, a uma bola, diante do Petro de Luanda, no desafio de antecipação a 4ª jornada da competição. Fruto do empate, a equipa petrolífera assumiu o comando isolado da prova com cinco pontos, ao passo que leoninos saltaram da última para a 12ª, com apenas um.

Os leoninos inauguraram o marcador por intermédio do avançado Chouma aos nove minutos da etapa inicial. Com o golo marcado, a equipa anfitriã procurou assumir as rédeas de jogo e consequentemente a dos primeiros três pontos no Girabola Zap.

Os petrolíferos, apesar da desvantagem no marcador, estiveram sempre em melhor plano em relação ao adversário, assumindo as despesas do jogo. Fruto disso, Vá, Tiago Azulão, Tony e Dennis tudo faziam para igualar o marcador, mas a muralha do Sporting de Cabinda parecia intransponível, publicou o Jornal Dos Desportos.

Na etapa complementar, a formação do "eixo-viário" entrou com maior determinação e fruto da qualidade técnica evidenciada em campo empurrou o Sporting para o seu último reduto. Foi na sequência das várias incursões feitas nesse período que chegou à igualdade, através da marcação de grande penalidade por intermedio do atacante brasileiro Tiago Azulão, aos 61 minutos.

Após o golo, o Petro de Luanda tentou dar revira-volta ao resultado, mas sem êxito desejado, já que os leões do Norte fecharam-se bem na sua zona defensiva.
O árbitro nacional Miguel Mateus esteve bem no seu trabalho e por isso mesmo sai de Cabinda com uma nota positiva, neste jogo de antecipação a quarta ronda da maior prova do futebol nacional.


6galeria

Redacção

A jogar com o seu equipamento habitual, verde e branco, o Sporting de Cabinda somou o seu primeiro ponto no Girabola Zap, ao empatar no domingo, nesta cidade, no estádio do Tafe, a uma bola, diante do Petro de Luanda, no desafio de antecipação a 4ª jornada da competição. Fruto do empate, a equipa petrolífera assumiu o comando isolado da prova com cinco pontos, ao passo que leoninos saltaram da última para a 12ª, com apenas um.

Os leoninos inauguraram o marcador por intermédio do avançado Chouma aos nove minutos da etapa inicial. Com o golo marcado, a equipa anfitriã procurou assumir as rédeas de jogo e consequentemente a dos primeiros três pontos no Girabola Zap.

Os petrolíferos, apesar da desvantagem no marcador, estiveram sempre em melhor plano em relação ao adversário, assumindo as despesas do jogo. Fruto disso, Vá, Tiago Azulão, Tony e Dennis tudo faziam para igualar o marcador, mas a muralha do Sporting de Cabinda parecia intransponível, publicou o Jornal Dos Desportos.

Na etapa complementar, a formação do "eixo-viário" entrou com maior determinação e fruto da qualidade técnica evidenciada em campo empurrou o Sporting para o seu último reduto. Foi na sequência das várias incursões feitas nesse período que chegou à igualdade, através da marcação de grande penalidade por intermedio do atacante brasileiro Tiago Azulão, aos 61 minutos.

Após o golo, o Petro de Luanda tentou dar revira-volta ao resultado, mas sem êxito desejado, já que os leões do Norte fecharam-se bem na sua zona defensiva.
O árbitro nacional Miguel Mateus esteve bem no seu trabalho e por isso mesmo sai de Cabinda com uma nota positiva, neste jogo de antecipação a quarta ronda da maior prova do futebol nacional.


6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form