Arte e Cultura
Acordo

Museu Nacional de Antropologia receberá novos livros

Museu Nacional de Antropologia receberá novos livros
Foto por:
vídeo por:
DR

No âmbito da sua colaboração com os museus antropológicos de Berlim e Luanda, o Goethe-Institut Angola adquiriu literatura especializada importante para a biblioteca do Museu Nacional de Antropologia, que serão entregues amanhã, dia 12, às 18h30, acto que a organização proferirá  juntamente com o Presidente do Conselho Federal da Alemanha, Daniel Günther.

Trata-se de 33 livros de referência que até agora têm faltado na mais importante biblioteca de pesquisa antropológica de Angola. Estas incluem literatura básica como o volume “Cultura Tradicional Bantu”, de Raul Ruiz de Asúa Altuna.

As obras, de acordo com o comunicado enviado ao ONgoma News, foram seleccionadas por todas as instituições envolvidas na cooperação, e esta adição de literatura especializada à biblioteca deverá continuar nos próximos anos.

Conforme referido no documento, o Presidente do Conselho Federal da Alemanha teve a sua chegada hoje a Luanda, constando do seu programa um encontro com o Presidente da República, João Lourenço, membros da Assembleia Nacional de Angola e vários ministros angolanos.

O responsável, que está particularmente interessado no intercâmbio cultural germano-angolano e que no último dia da sua estadia em Luanda participará na FILDA, com o Ministro da Economia, Pedro Luís da Fonseca, visitará o Museu Nacional de Antropologia com a Ministra da Cultura de Angola, Maria da Piedade de Jesus.

A cooperação do Goethe-Institut Angola com o Museu Nacional de Antropologia Luanda e o Museu Etnológico de Berlim (SMB) é um projecto de longo prazo que foi acordado em Dezembro de 2018 pela Direcção dos Museus Nacionais de Angola (DINAM), pela Fundação do Património Cultural Prussiano (SPK) e pelo Goethe-Institut num Memorando de Entendimento.

A cooperação resultou de um projecto das embaixadas alemã e francesa em Luanda, da Alliance Française e do Goethe- Institut Angola.

No âmbito da cooperação, ainda neste ano, serão produzidos vários vídeos curtos que abordarão o contexto social de importantes obras de arte nos dois museus e serão integrados na exposição permanente em ambos os museus.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

No âmbito da sua colaboração com os museus antropológicos de Berlim e Luanda, o Goethe-Institut Angola adquiriu literatura especializada importante para a biblioteca do Museu Nacional de Antropologia, que serão entregues amanhã, dia 12, às 18h30, acto que a organização proferirá  juntamente com o Presidente do Conselho Federal da Alemanha, Daniel Günther.

Trata-se de 33 livros de referência que até agora têm faltado na mais importante biblioteca de pesquisa antropológica de Angola. Estas incluem literatura básica como o volume “Cultura Tradicional Bantu”, de Raul Ruiz de Asúa Altuna.

As obras, de acordo com o comunicado enviado ao ONgoma News, foram seleccionadas por todas as instituições envolvidas na cooperação, e esta adição de literatura especializada à biblioteca deverá continuar nos próximos anos.

Conforme referido no documento, o Presidente do Conselho Federal da Alemanha teve a sua chegada hoje a Luanda, constando do seu programa um encontro com o Presidente da República, João Lourenço, membros da Assembleia Nacional de Angola e vários ministros angolanos.

O responsável, que está particularmente interessado no intercâmbio cultural germano-angolano e que no último dia da sua estadia em Luanda participará na FILDA, com o Ministro da Economia, Pedro Luís da Fonseca, visitará o Museu Nacional de Antropologia com a Ministra da Cultura de Angola, Maria da Piedade de Jesus.

A cooperação do Goethe-Institut Angola com o Museu Nacional de Antropologia Luanda e o Museu Etnológico de Berlim (SMB) é um projecto de longo prazo que foi acordado em Dezembro de 2018 pela Direcção dos Museus Nacionais de Angola (DINAM), pela Fundação do Património Cultural Prussiano (SPK) e pelo Goethe-Institut num Memorando de Entendimento.

A cooperação resultou de um projecto das embaixadas alemã e francesa em Luanda, da Alliance Française e do Goethe- Institut Angola.

No âmbito da cooperação, ainda neste ano, serão produzidos vários vídeos curtos que abordarão o contexto social de importantes obras de arte nos dois museus e serão integrados na exposição permanente em ambos os museus.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form