Sociedade
Saúde

Mais de mil novos casos de VIH/SIDA registados no Bié

Mais de mil novos casos de VIH/SIDA registados no Bié
Foto por:
vídeo por:
DR

O Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV) da província do Bié notificou, em 2019, 1.435 novos casos de VIH/SIDA, mais 159 registos em relação a 2018, resultante de 57.841 testes efectuados a gestantes, adultos e crianças.

De acordo com o supervisor do CATV na província do Bié, Adelino Camato, citado pela Angop, em 2019, o VIH/SIDA causou, no Bié, a morte de 45 pessoas, mais 10 em relação a 2018. A fonte avançou ainda que alguns seropositivos estão a ser acompanhados e medicados com anti-retrovirais nas diversas unidades de saúde da província, mas admitiu a existência de casos de pacientes que abandonam o tratamento a meio.

Para se inverter a situação, o responsável referiu que as autoridades locais vão continuar, em 2020, a realizar palestras e campanhas de sensibilização nos locais de maior concentração populacional como mercados, escolas e igrejas nos nove municípios da província do Bié.

Apelou a população a pautar pela prevenção contra a doença, como o uso do preservativo, abstinência e fidelidade, no sentido de se evitar mais contágios por VIH/SIDA e outras doenças de transmissão sexual. Acresça-se, entretanto, que ainda em 2019 o CATV diagnosticou 597 casos de tuberculose, mais 180 em relação a 2018.

A província do Bié tem uma população estimada em 1.455.255 habitantes, distribuídos pelos municípios do Andulo, Nharêa, Cunhinga, Camacupa, Catabola, Cuemba, Chitembo, Chinguar e Cuito.

6galeria

Redacção

O Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV) da província do Bié notificou, em 2019, 1.435 novos casos de VIH/SIDA, mais 159 registos em relação a 2018, resultante de 57.841 testes efectuados a gestantes, adultos e crianças.

De acordo com o supervisor do CATV na província do Bié, Adelino Camato, citado pela Angop, em 2019, o VIH/SIDA causou, no Bié, a morte de 45 pessoas, mais 10 em relação a 2018. A fonte avançou ainda que alguns seropositivos estão a ser acompanhados e medicados com anti-retrovirais nas diversas unidades de saúde da província, mas admitiu a existência de casos de pacientes que abandonam o tratamento a meio.

Para se inverter a situação, o responsável referiu que as autoridades locais vão continuar, em 2020, a realizar palestras e campanhas de sensibilização nos locais de maior concentração populacional como mercados, escolas e igrejas nos nove municípios da província do Bié.

Apelou a população a pautar pela prevenção contra a doença, como o uso do preservativo, abstinência e fidelidade, no sentido de se evitar mais contágios por VIH/SIDA e outras doenças de transmissão sexual. Acresça-se, entretanto, que ainda em 2019 o CATV diagnosticou 597 casos de tuberculose, mais 180 em relação a 2018.

A província do Bié tem uma população estimada em 1.455.255 habitantes, distribuídos pelos municípios do Andulo, Nharêa, Cunhinga, Camacupa, Catabola, Cuemba, Chitembo, Chinguar e Cuito.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form