Ciência & Tecnologia
Segurança

Haven, a aplicação de Snowden que transforma telemóvel em sistema de vigilância

Haven, a aplicação de Snowden que transforma telemóvel em sistema de vigilância
Foto por:
vídeo por:
DR

O norte-americano Edward Snowden, antigo técnico da Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA), criou a aplicação Haven que transforma um telemóvel num sistema de segurança caseiro, que pode detectar se alguém está a tentar espiar o utilizador, informou o jornal Público Online. 

Haven utiliza o microfone, câmara, e o acelerómetro do telemóvel (que mede a inclinação e movimento do aparelho) para vigiar qualquer espaço. Segundo Snowden, que está radicado na Rússia, o objectivo é ajudar pessoas de todo o mundo sentirem-se mais seguras. O único requisito para usar a Haven é um telemóvel extra, que tem de ser Android.

Na entrevista que concedeu à Wired, Edward Snowden, que compara a aplicação com um “cão de guarda que se pode levar para qualquer hotel”, explicou que  “ a ideia é garantir que podemos confiar nos espaços físicos à nossa volta”.

A Freedom of Press Foundation, uma organização que defende a liberdade de expressão, ajudou-o a desenvolver o projecto.

Há uma versão para iOS a ser desenvolvida, mas, até lá, a equipa do projecto recomenda "comprar um telemóvel Android barato por menos de 100 dólares [cerca de 85 euros] e utilizá-lo como o 'dispositivo Haven'". Toda a informação – que inclui filmagens e gravações áudio – é enviada automaticamente para o smartphone principal do utilizador. A aplicação também monitoriza mudanças na luminosidade.

Além de ser um "caça-espiões", há outros usos para a aplicação: é uma alternativa a uma câmara de segurança, e pode servir para monitorizar algumas situações sensíveis (por exemplo, recolher provas de violência doméstica).

Snowden reconhece que a aplicação não protege completamente os utilizadores de todo o tipo de intrusos, mas acredita que ao gravar e monitorizar a sua presença dá uma vantagem a possíveis vítimas.

6galeria

Redacção

O norte-americano Edward Snowden, antigo técnico da Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA), criou a aplicação Haven que transforma um telemóvel num sistema de segurança caseiro, que pode detectar se alguém está a tentar espiar o utilizador, informou o jornal Público Online. 

Haven utiliza o microfone, câmara, e o acelerómetro do telemóvel (que mede a inclinação e movimento do aparelho) para vigiar qualquer espaço. Segundo Snowden, que está radicado na Rússia, o objectivo é ajudar pessoas de todo o mundo sentirem-se mais seguras. O único requisito para usar a Haven é um telemóvel extra, que tem de ser Android.

Na entrevista que concedeu à Wired, Edward Snowden, que compara a aplicação com um “cão de guarda que se pode levar para qualquer hotel”, explicou que  “ a ideia é garantir que podemos confiar nos espaços físicos à nossa volta”.

A Freedom of Press Foundation, uma organização que defende a liberdade de expressão, ajudou-o a desenvolver o projecto.

Há uma versão para iOS a ser desenvolvida, mas, até lá, a equipa do projecto recomenda "comprar um telemóvel Android barato por menos de 100 dólares [cerca de 85 euros] e utilizá-lo como o 'dispositivo Haven'". Toda a informação – que inclui filmagens e gravações áudio – é enviada automaticamente para o smartphone principal do utilizador. A aplicação também monitoriza mudanças na luminosidade.

Além de ser um "caça-espiões", há outros usos para a aplicação: é uma alternativa a uma câmara de segurança, e pode servir para monitorizar algumas situações sensíveis (por exemplo, recolher provas de violência doméstica).

Snowden reconhece que a aplicação não protege completamente os utilizadores de todo o tipo de intrusos, mas acredita que ao gravar e monitorizar a sua presença dá uma vantagem a possíveis vítimas.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form