Desporto
Futebol

Girabola Zap: Desportivo da Huíla surpreende Kabuscorp

Girabola Zap: Desportivo da Huíla surpreende Kabuscorp
Foto por:
vídeo por:
DR

A equipa do Desportivo da Huíla manteve, ontem, a invencibilidade sobre o candidato ao título Kabuscorp do Palanca, ao receber e vencê-lo por 2-1, no Estádio do Ferroviário, em partida de conclusão da terceira jornada do Girabola.

Os palanquinos não vencem há cinco anos aos militares da Região Sul no seu reduto, e atrasaram-se na perseguição ao trio da frente, constituído pelo Petro de Luanda, 1º de Agosto e Progresso Sambizanga.

Com a vitória sobre o Kabuscorp, o Desportivo salta da 15ª para a 11ª posição, agora com quatro pontos. A formação do Palanca cai da quarta para a nona posição, também com quatro.

Na deslocação ao Bié, o Interclube confirmou o favoritismo diante do Cuando Cubango FC, ao vencer por 2-0, no Estádio dos Eucaliptos, com "bis" de Das Faa, aos 85 e 90 minutos.

Depois do empate frente ao 1º de Agosto e derrota com o Kabuscorp, a formação da Polícia Nacional ascendeu ao oitavo lugar, com quatro pontos. O Cuando Cubango baixa um degrau na classificação, ocupando a 14ª posição, com apenas um ponto, noticiou o Jornal de Angola.

Sob forte chuva, o Santa Rita do Uíge foi incapaz de travar o FC Bravos do Maquis, ao perder por 1-2, no Estádio 4 de Janeiro. Os maquisardes adiantaram-se no marcador, depois os católicos igualaram o desafio. Em cima dos 90, a equipa de Zeca Amaral virou o resultado. Com este resultado, o Maquis dá importante salto, saindo da 11ª posição, e agora está em quinto, com cinco pontos. O Santa Rita baixa para o 11º lugar, com três.

No Estádio do Buraco, Académica do Lobito e Sagrada Esperança empataram sem golos. O Sagrada sobe ao quinto lugar, e a Académica para sétimo, com quatro. A jornada produziu ainda os resultados ASA-1º de Agosto (0-3), Petro de Luanda-Saurimo FC (1-0), Progresso-Caála (3-1) e Libolo-Sporting (3-0). O Petro lidera com oito pontos, seguido pelo 1º de Agosto e Progresso, ambos com sete.



6galeria

Redacção

A equipa do Desportivo da Huíla manteve, ontem, a invencibilidade sobre o candidato ao título Kabuscorp do Palanca, ao receber e vencê-lo por 2-1, no Estádio do Ferroviário, em partida de conclusão da terceira jornada do Girabola.

Os palanquinos não vencem há cinco anos aos militares da Região Sul no seu reduto, e atrasaram-se na perseguição ao trio da frente, constituído pelo Petro de Luanda, 1º de Agosto e Progresso Sambizanga.

Com a vitória sobre o Kabuscorp, o Desportivo salta da 15ª para a 11ª posição, agora com quatro pontos. A formação do Palanca cai da quarta para a nona posição, também com quatro.

Na deslocação ao Bié, o Interclube confirmou o favoritismo diante do Cuando Cubango FC, ao vencer por 2-0, no Estádio dos Eucaliptos, com "bis" de Das Faa, aos 85 e 90 minutos.

Depois do empate frente ao 1º de Agosto e derrota com o Kabuscorp, a formação da Polícia Nacional ascendeu ao oitavo lugar, com quatro pontos. O Cuando Cubango baixa um degrau na classificação, ocupando a 14ª posição, com apenas um ponto, noticiou o Jornal de Angola.

Sob forte chuva, o Santa Rita do Uíge foi incapaz de travar o FC Bravos do Maquis, ao perder por 1-2, no Estádio 4 de Janeiro. Os maquisardes adiantaram-se no marcador, depois os católicos igualaram o desafio. Em cima dos 90, a equipa de Zeca Amaral virou o resultado. Com este resultado, o Maquis dá importante salto, saindo da 11ª posição, e agora está em quinto, com cinco pontos. O Santa Rita baixa para o 11º lugar, com três.

No Estádio do Buraco, Académica do Lobito e Sagrada Esperança empataram sem golos. O Sagrada sobe ao quinto lugar, e a Académica para sétimo, com quatro. A jornada produziu ainda os resultados ASA-1º de Agosto (0-3), Petro de Luanda-Saurimo FC (1-0), Progresso-Caála (3-1) e Libolo-Sporting (3-0). O Petro lidera com oito pontos, seguido pelo 1º de Agosto e Progresso, ambos com sete.



6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form