Desporto
Futebol

FAF pede que empresas não contactem os jogadores, para evitar distracções

FAF pede que empresas não contactem os jogadores, para evitar distracções
Foto por:
vídeo por:
DR

A Federação Angolana de Futebol (FAF) emitiu ontem um comunicado, através das suas plataformas oficiais, apelando para que as empresas de telecomunicações não contectem directamente os jogadores da selecção nacional, por forma a evitar distracções. 

O comunicado surge na sequência de terem sido divulgados vídeos em que administradores de operadoras de telecomunicações e bancos contactaram os jogadores para oferecer prémios e dinheiro em caso de apuramento para as meias-finais do presente Campeonato Africano das Nações.

A organização, dessa forma, pretende evitar distracções que comprometam o desempenho do conjunto angolano na prova. “A Federação Angolana de Futebol expressa a sincera gratidão pelos generosos apoios de todos quantos se têm vindo a manifestar solidários e apoiantes da selecção nacional, pelo que as promessas de ofertas são importantes, na medida em que motivam os jogadores e o grupo de trabalho em geral. Contudo, o contato directo com os jogadores, em período de máxima concentração, para apresentar ofertas ou estímulos, distrai e retira, em larga medida, a concentração da selecção nacional”, lê-se no comunicado oficial da FAF.

Os Palancas Negras, orientados pelo português Pedro Gonçalves, estão nos quartos de final da prova, depois de terem derrotado nesse último sábado a selecção da Namíbia, por 3-0.

Na sexta-feira, como avançou A Bola, enfrentam a Nigéria, de José Peseiro.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

A Federação Angolana de Futebol (FAF) emitiu ontem um comunicado, através das suas plataformas oficiais, apelando para que as empresas de telecomunicações não contectem directamente os jogadores da selecção nacional, por forma a evitar distracções. 

O comunicado surge na sequência de terem sido divulgados vídeos em que administradores de operadoras de telecomunicações e bancos contactaram os jogadores para oferecer prémios e dinheiro em caso de apuramento para as meias-finais do presente Campeonato Africano das Nações.

A organização, dessa forma, pretende evitar distracções que comprometam o desempenho do conjunto angolano na prova. “A Federação Angolana de Futebol expressa a sincera gratidão pelos generosos apoios de todos quantos se têm vindo a manifestar solidários e apoiantes da selecção nacional, pelo que as promessas de ofertas são importantes, na medida em que motivam os jogadores e o grupo de trabalho em geral. Contudo, o contato directo com os jogadores, em período de máxima concentração, para apresentar ofertas ou estímulos, distrai e retira, em larga medida, a concentração da selecção nacional”, lê-se no comunicado oficial da FAF.

Os Palancas Negras, orientados pelo português Pedro Gonçalves, estão nos quartos de final da prova, depois de terem derrotado nesse último sábado a selecção da Namíbia, por 3-0.

Na sexta-feira, como avançou A Bola, enfrentam a Nigéria, de José Peseiro.

6galeria

Artigos relacionados

No items found.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form