Arte e Cultura
Exposição

Exposição “A Fonte” reúne cinco jovens artistas angolanos

Exposição “A Fonte” reúne cinco jovens artistas angolanos
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

Os artistas plásticos angolanos Leandro Marques, Kisha Kipito, Jardel Selele, Hednezer Roma e Uólofe Griot são os protagonistas da exposição colectiva “A Fonte”, a ser inaugurada nesta sexta-feira, às 18h00, na Galeria Tamar Golan, da Fundação Arte e Cultura.

A amostra, cujas obras revelam uma relação e domínio muito próximo com as técnicas pelos artistas apresentadas, é o olhar atento dos mesmos na procura ao seu redor por algo que os atraísse, motivados também pelas pesquisas técnicas para as criações.

Hednezer Roma apresenta a dependência do homem pelas máquinas. Nesta era do consumo, Kisha Kipito leva à reflexão crítica o consumismo excessivo e o desperdício. 

Também há a preocupação de o homen explorar a natureza de uma forma sustentável, bem patente na obra de Jardel Selele. Uólofe Griot mostra-se preocupado com a maneira como os artistas são tratados, ou seja, menos valorizados. E com pinceladas e traços fortes, Leandro Marques traz-nos o quotidiano das comunidades, de acordo com o comunicado que recebemos. 

Entretanto, a amostra acolhe artistas com influências diversas para um harmonioso intercâmbio de saberes e subjectividades. E no meio das diferenças, eles convergem. 

Os traços transmitem mensagens, e a concepção, a proporcionalidade dos traços e linhas combinatórias do desenho, o acabamento e junção das cores, o efeito visual, a maturidade e talento, unem-se e apresentam um resultado final que é um grande contributo para as artes.

Lê-se ainda no documento que os artistas possuem algumas características comuns, sendo que para  além de serem todos membros da UNAP e terem já realizado exposições individuais e colectivas, são todos naturais de Luanda. As idades de cada um deles variam mas todos partilham um dado que salta à vista: são grandes talentos, uns comprovados, outros a despontar.

A mostra ficará patente ao público até o dia 30 de Novembro, podendo ser visitada de segunda-feira a sábado, das 12h30 às 19h30, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura, na baixa de Luanda.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

Os artistas plásticos angolanos Leandro Marques, Kisha Kipito, Jardel Selele, Hednezer Roma e Uólofe Griot são os protagonistas da exposição colectiva “A Fonte”, a ser inaugurada nesta sexta-feira, às 18h00, na Galeria Tamar Golan, da Fundação Arte e Cultura.

A amostra, cujas obras revelam uma relação e domínio muito próximo com as técnicas pelos artistas apresentadas, é o olhar atento dos mesmos na procura ao seu redor por algo que os atraísse, motivados também pelas pesquisas técnicas para as criações.

Hednezer Roma apresenta a dependência do homem pelas máquinas. Nesta era do consumo, Kisha Kipito leva à reflexão crítica o consumismo excessivo e o desperdício. 

Também há a preocupação de o homen explorar a natureza de uma forma sustentável, bem patente na obra de Jardel Selele. Uólofe Griot mostra-se preocupado com a maneira como os artistas são tratados, ou seja, menos valorizados. E com pinceladas e traços fortes, Leandro Marques traz-nos o quotidiano das comunidades, de acordo com o comunicado que recebemos. 

Entretanto, a amostra acolhe artistas com influências diversas para um harmonioso intercâmbio de saberes e subjectividades. E no meio das diferenças, eles convergem. 

Os traços transmitem mensagens, e a concepção, a proporcionalidade dos traços e linhas combinatórias do desenho, o acabamento e junção das cores, o efeito visual, a maturidade e talento, unem-se e apresentam um resultado final que é um grande contributo para as artes.

Lê-se ainda no documento que os artistas possuem algumas características comuns, sendo que para  além de serem todos membros da UNAP e terem já realizado exposições individuais e colectivas, são todos naturais de Luanda. As idades de cada um deles variam mas todos partilham um dado que salta à vista: são grandes talentos, uns comprovados, outros a despontar.

A mostra ficará patente ao público até o dia 30 de Novembro, podendo ser visitada de segunda-feira a sábado, das 12h30 às 19h30, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura, na baixa de Luanda.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form