Ideias e Negócios
Economia

Empreendedorismo feminino em destaque no ONgoma News

Empreendedorismo feminino em destaque no ONgoma News
Foto por:
vídeo por:
DR

O ONgoma New lançou, no último domingo, a sua primeira newsletter “Ideias & Negócios”, em formato PDF. Esta edição foi dedicada ao empreededorismo feminino, que em Angola, embora timidamente, já vai ganhando importância. Aliás, tal como em todo o mundo, a cada ano, em Angola, as mulheres não só têm conquistado mais espaço no mercado de trabalho, como também têm arriscado em lançar novos negócios e projectos que vão além do sector da comércio e prestação de serviço.

Entretanto, ao nível global, precisa-se de muito mais. A participação da mulher na economia dos países continua a ser menor do que a dos homens porque, infelizmente, o seu tempo é, maioritariamente, dedicado ao serviço familiar não remunerado.

Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), noticiados pelo jornal online G1, proporcionalmente, há mais mulheres com dificuldade de encontrar trabalho do que homens – e essa tendência vem piorando. Enquanto a taxa de desemprego para os homens no mundo é de 5,2%, para as mulheres é de 6%.

Baixe aqui a Newsletter

6galeria

Redacção

O ONgoma New lançou, no último domingo, a sua primeira newsletter “Ideias & Negócios”, em formato PDF. Esta edição foi dedicada ao empreededorismo feminino, que em Angola, embora timidamente, já vai ganhando importância. Aliás, tal como em todo o mundo, a cada ano, em Angola, as mulheres não só têm conquistado mais espaço no mercado de trabalho, como também têm arriscado em lançar novos negócios e projectos que vão além do sector da comércio e prestação de serviço.

Entretanto, ao nível global, precisa-se de muito mais. A participação da mulher na economia dos países continua a ser menor do que a dos homens porque, infelizmente, o seu tempo é, maioritariamente, dedicado ao serviço familiar não remunerado.

Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), noticiados pelo jornal online G1, proporcionalmente, há mais mulheres com dificuldade de encontrar trabalho do que homens – e essa tendência vem piorando. Enquanto a taxa de desemprego para os homens no mundo é de 5,2%, para as mulheres é de 6%.

Baixe aqui a Newsletter

Redacção

Licenciado em Gestão e Administração pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, Félix Abias é um jornalista angolano que explora temas ligados à política e economia local. Actualmente trabalha para o Grupo Média Rumo

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form