Showbiz
Música

Vuino e Pé de Galo consertam a polémica depois da versão Rap “Cair com Cadeira”

Vuino e Pé de Galo consertam a polémica depois da versão Rap “Cair com Cadeira”
Foto por:
vídeo por:
DR

Depois de disponibilizado o remix da música “Cair com cadeira”, da autoria do kudurista Pé de Galo, interpretada pelo rapper OG Vuino, com as participações de Eva Rap Diva, J P da Maika e Kelson Most Wanted, instalou-se uma polémica em que o autor do sucesso alegava não ter autorizado a versão e, por conta disso, colocaria termo à sua vida publicamente.

Segundo o kudurista e o seu agente, que para eles muitos artistas mal-intencionados têm-se aproveitado da música para obterem lucros, a sua música já está em plataformas de streaming registada (e facturado) em nome de terceiro.

“Já não tenho shows, estão a comer por cima do meu trabalho. Fiquei com medo de me roubarem o sucesso”, desabafou Pé de Galo, nas redes sociais.

De acordo com a explicação de Vuino, dita de outro modo, o rapper recebeu o kudurista acompanhado do seu padrinho musical e o agente para uma conversa de conciliação. Desse encontro, ocorrido esta semana, na residência do também empresário, transmitido em directo no seu Instagram, garantiu uma parceria para dois shows ainda este mês, podendo conferir ao kudurista pelo menos 200 mil Kwanzas.

Durante o encontro, que durou mais de uma hora, Vuino inteirou-se da situação social, económica e financeira de Pé de Galo, e ao compadecer-se com o quadro, aproveitou a ocasião para apoiar e dar conselhos ao kudurista, de modo que ajude no desenvolvimento da carreira do mesmo.

6galeria

Pedro Kididi

Jornalista

Depois de disponibilizado o remix da música “Cair com cadeira”, da autoria do kudurista Pé de Galo, interpretada pelo rapper OG Vuino, com as participações de Eva Rap Diva, J P da Maika e Kelson Most Wanted, instalou-se uma polémica em que o autor do sucesso alegava não ter autorizado a versão e, por conta disso, colocaria termo à sua vida publicamente.

Segundo o kudurista e o seu agente, que para eles muitos artistas mal-intencionados têm-se aproveitado da música para obterem lucros, a sua música já está em plataformas de streaming registada (e facturado) em nome de terceiro.

“Já não tenho shows, estão a comer por cima do meu trabalho. Fiquei com medo de me roubarem o sucesso”, desabafou Pé de Galo, nas redes sociais.

De acordo com a explicação de Vuino, dita de outro modo, o rapper recebeu o kudurista acompanhado do seu padrinho musical e o agente para uma conversa de conciliação. Desse encontro, ocorrido esta semana, na residência do também empresário, transmitido em directo no seu Instagram, garantiu uma parceria para dois shows ainda este mês, podendo conferir ao kudurista pelo menos 200 mil Kwanzas.

Durante o encontro, que durou mais de uma hora, Vuino inteirou-se da situação social, económica e financeira de Pé de Galo, e ao compadecer-se com o quadro, aproveitou a ocasião para apoiar e dar conselhos ao kudurista, de modo que ajude no desenvolvimento da carreira do mesmo.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form