Arte e Cultura
Espectáculo

Válerie Ékoumè protagoniza concerto em alusão ao Dia de África

Válerie Ékoumè protagoniza concerto em alusão ao Dia de África
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

A cantora franco- camaronesa Válerie Ékoumè vai apresentar, no próximo dia 26 deste mês, domingo, um concerto que celebrará o Dia de África, a ter início pelas 19h00, na Casa das Artes (Talatona), promovido pela Aliança Francesa de Luanda.

Corista de Manu Dibango, a artista estará a apresentar o seu segundo opus, “Kwin Na Kinguè”, editado em 2017, em colaboração com o compositor, baterista e percussionista Guy Nwogang.

Válerie, de acordo com comunicado que recebemos, fará participar estudantes da Escola de música Obra Bella e do Liceu Francês Alioune-Blondin-Beye. A primeira parte do concerto estará a cargo de Mário Rui Silva, autor, compositor e intérprete luandense. Este aficionado da música africana realizou muitos trabalhos de pesquisa para transpor ritmos africanos para o violão.

O novo álbum de Valérie Ekoumé está enraizado nos ritmos tradicionais de Camarões, como o Bikutsie o Essèwè. Além de ter colaborado durante 8 anos com o lendário Manu Dibango nas banbas do Soul Makossa Gang e do Maraboutik Big Bang, a cantora já se juntou a vários artistas, dentre eles Youssou Ndour, Papa Wemba, Rokia Traoré, Kaissa Doumbe e Etienne Mbappe.

Apesar de ter passado a maior parte da sua vida na França, ela afeiçoa especialmente cantar na sua língua natal, o duala, onde ela encontra uma emoção e uma verdade que se parecem com ela. O seu novo álbum, de estilo afropop, é um convite a viajar, lê-se na npta.

Lembre-se que o dia 25 de Maio (Dia de África) é uma comemoração anual que marca o aniversário da assinatura dos acordos da Organização da Unidade Africana (OUA) em 1963. O objectivo principal desta organização é promover a solidariedade e a Unidade dos países africanos.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

A cantora franco- camaronesa Válerie Ékoumè vai apresentar, no próximo dia 26 deste mês, domingo, um concerto que celebrará o Dia de África, a ter início pelas 19h00, na Casa das Artes (Talatona), promovido pela Aliança Francesa de Luanda.

Corista de Manu Dibango, a artista estará a apresentar o seu segundo opus, “Kwin Na Kinguè”, editado em 2017, em colaboração com o compositor, baterista e percussionista Guy Nwogang.

Válerie, de acordo com comunicado que recebemos, fará participar estudantes da Escola de música Obra Bella e do Liceu Francês Alioune-Blondin-Beye. A primeira parte do concerto estará a cargo de Mário Rui Silva, autor, compositor e intérprete luandense. Este aficionado da música africana realizou muitos trabalhos de pesquisa para transpor ritmos africanos para o violão.

O novo álbum de Valérie Ekoumé está enraizado nos ritmos tradicionais de Camarões, como o Bikutsie o Essèwè. Além de ter colaborado durante 8 anos com o lendário Manu Dibango nas banbas do Soul Makossa Gang e do Maraboutik Big Bang, a cantora já se juntou a vários artistas, dentre eles Youssou Ndour, Papa Wemba, Rokia Traoré, Kaissa Doumbe e Etienne Mbappe.

Apesar de ter passado a maior parte da sua vida na França, ela afeiçoa especialmente cantar na sua língua natal, o duala, onde ela encontra uma emoção e uma verdade que se parecem com ela. O seu novo álbum, de estilo afropop, é um convite a viajar, lê-se na npta.

Lembre-se que o dia 25 de Maio (Dia de África) é uma comemoração anual que marca o aniversário da assinatura dos acordos da Organização da Unidade Africana (OUA) em 1963. O objectivo principal desta organização é promover a solidariedade e a Unidade dos países africanos.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form