Sociedade
Educação

Reduzido o número de crianças fora do ensino no Bié

Reduzido o número de crianças fora do ensino no Bié
Foto por:
vídeo por:
DR

O Governo da Província do Bié vai construir mais escolas e contratar novos professores, para reduzirem, em quatro anos, de 41 mil para cerca de 13 mil o número de crianças que ainda se encontram fora do sistema de ensino.

A informação foi avançada ontem, quarta-feira, no município de Nhârea, pelo governador da província do Bié, Pereira Alfredo, durante um encontro com os membros do Conselho de Auscultação das Comunidades, tendo o mesmo referido que a inserção de crianças no ensino é prioridade das autoridades locais.

De acordo com o governante, a redução do número de alunos que estão fora do sistema de ensino é prioridade do Governo da Província do Bié, e para materialização do programa, vai contar com a parceria de agentes privados, na construção de mais instituições de ensino, assim como irá reabilitar escolas que as obras estão paralisadas por falta de financiamento, fundamentalmente em zonas rurais.

Dados do sector da Educação daquela localidade indicam que até 2015 mais de 70 mil crianças estavam fora do sistema de ensino e em 2018 esse número reduziu para 41 mil menores sem estudar.

Estão matriculados, então, nas escolas da província do Bié, 621 mil alunos, do nível primário ao II ciclo do ensino secundário, cujas aulas são asseguradas por 13.622 professores, apurou a Angop.

O sector da Educação da província do Bié conta cinco mil e 500 salas de aulas.

6galeria

Redacção

O Governo da Província do Bié vai construir mais escolas e contratar novos professores, para reduzirem, em quatro anos, de 41 mil para cerca de 13 mil o número de crianças que ainda se encontram fora do sistema de ensino.

A informação foi avançada ontem, quarta-feira, no município de Nhârea, pelo governador da província do Bié, Pereira Alfredo, durante um encontro com os membros do Conselho de Auscultação das Comunidades, tendo o mesmo referido que a inserção de crianças no ensino é prioridade das autoridades locais.

De acordo com o governante, a redução do número de alunos que estão fora do sistema de ensino é prioridade do Governo da Província do Bié, e para materialização do programa, vai contar com a parceria de agentes privados, na construção de mais instituições de ensino, assim como irá reabilitar escolas que as obras estão paralisadas por falta de financiamento, fundamentalmente em zonas rurais.

Dados do sector da Educação daquela localidade indicam que até 2015 mais de 70 mil crianças estavam fora do sistema de ensino e em 2018 esse número reduziu para 41 mil menores sem estudar.

Estão matriculados, então, nas escolas da província do Bié, 621 mil alunos, do nível primário ao II ciclo do ensino secundário, cujas aulas são asseguradas por 13.622 professores, apurou a Angop.

O sector da Educação da província do Bié conta cinco mil e 500 salas de aulas.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form