Desporto
Aviso

Qatar exige uso de aplicativo de rastreio de saúde aos visitantes

Qatar exige uso de aplicativo de rastreio de saúde aos visitantes
Foto por:
vídeo por:
DR

Os visitantes do Mundial 2022, que decorre entre 20 de Novembro e 18 de Dezembro, no Qatar, terão presença condicionada no estádio de futebol por um rastreio do seu estado de saúde, que deverá ser feito por via de um aplicativo que está sob administração do Governo emirado.

Quem quiser "acompanhar de perto" os jogos terá que possuir o Ehteraz no telemóvel, que também estará disponível para download, para todos os participantes.

Um Ehteraz verde (mostrando que o usuário não tem um caso confirmado de Covid-19), de acordo com a organização, é necessário para entrar em qualquer espaço público fechado.

À Lusa, a organização do evento fez saber ainda que os visitantes terão de se apresentar com um exame PCR (um tipo de exame de sangue) efectuado 48 horas antes à chegada, que tem de ser negativo, ou de um teste rápido oficial realizado 24 horas antes, recomendação obrigatória para qualquer visitante com mais de 6 anos.

Para o caso de ser positivo o exame, os indivíduos serão submetidos ao isolamento social.

Contudo, o estado de vacinação contra Covid-19 não será obrigatório, pese embora seja necessário o uso de máscaras nos transportes públicos.

Destaque

No items found.

6galeria

Ruth Mungongo

Repórter

Técnica média de Comunicação Social, Ruth é estagiária no portal ONgoma News.

Os visitantes do Mundial 2022, que decorre entre 20 de Novembro e 18 de Dezembro, no Qatar, terão presença condicionada no estádio de futebol por um rastreio do seu estado de saúde, que deverá ser feito por via de um aplicativo que está sob administração do Governo emirado.

Quem quiser "acompanhar de perto" os jogos terá que possuir o Ehteraz no telemóvel, que também estará disponível para download, para todos os participantes.

Um Ehteraz verde (mostrando que o usuário não tem um caso confirmado de Covid-19), de acordo com a organização, é necessário para entrar em qualquer espaço público fechado.

À Lusa, a organização do evento fez saber ainda que os visitantes terão de se apresentar com um exame PCR (um tipo de exame de sangue) efectuado 48 horas antes à chegada, que tem de ser negativo, ou de um teste rápido oficial realizado 24 horas antes, recomendação obrigatória para qualquer visitante com mais de 6 anos.

Para o caso de ser positivo o exame, os indivíduos serão submetidos ao isolamento social.

Contudo, o estado de vacinação contra Covid-19 não será obrigatório, pese embora seja necessário o uso de máscaras nos transportes públicos.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form