Actualidade
Política

PRS vai apoiar independentes

PRS vai apoiar independentes
Foto por:
vídeo por:
DR

O secretário-geral do Partido de Renovação Social (PRS) admitiu que o núcleo político está aberto a candidaturas independentes para as eleições autárquicas, previstas para o próximo ano.

Rui Malopa Miguel falava, em Luanda, por ocasião da abertura de um ciclo de conferências sobre as autarquias, cujo objectivo é a formação de formadores, no âmbito do processo de implementação do poder local no país.

O grupo dos “Renovadores sociais”, tal como toda a oposição, defende a implementação das autarquias em todos os municípios do país, em simultâneo, o que contraria o posicionamento do Executivo, que pugna pelo gradualismo.

Questionado se o PRS estava em condições de concorrer, em simultâneo, em todos os municípios do país, nas próximas eleições autárquicas, o segundo na hierarquia daquele partido, ao Jornal de Angola, disse que o mesmo conta com todos os angolanos, e não apenas com os militantes para uma disputa eleitoral.

“O partido está aberto a candidaturas independentes, da mesma forma que está disponível a apoiar candidaturas de cidadãos independentes”, afirmou Rui Malopa Miguel, num claro sinal de que no município onde o PRS notar que se encontra fragilizado vai apoiar candidatos independentes.

No encontro, o director-geral da Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA), Belarmino Jelembi, aconselhou o PRS a analisar que municípios são prioritários, para não participar nas eleições com derrotas praticamente anunciadas.

6galeria

Redacção

O secretário-geral do Partido de Renovação Social (PRS) admitiu que o núcleo político está aberto a candidaturas independentes para as eleições autárquicas, previstas para o próximo ano.

Rui Malopa Miguel falava, em Luanda, por ocasião da abertura de um ciclo de conferências sobre as autarquias, cujo objectivo é a formação de formadores, no âmbito do processo de implementação do poder local no país.

O grupo dos “Renovadores sociais”, tal como toda a oposição, defende a implementação das autarquias em todos os municípios do país, em simultâneo, o que contraria o posicionamento do Executivo, que pugna pelo gradualismo.

Questionado se o PRS estava em condições de concorrer, em simultâneo, em todos os municípios do país, nas próximas eleições autárquicas, o segundo na hierarquia daquele partido, ao Jornal de Angola, disse que o mesmo conta com todos os angolanos, e não apenas com os militantes para uma disputa eleitoral.

“O partido está aberto a candidaturas independentes, da mesma forma que está disponível a apoiar candidaturas de cidadãos independentes”, afirmou Rui Malopa Miguel, num claro sinal de que no município onde o PRS notar que se encontra fragilizado vai apoiar candidatos independentes.

No encontro, o director-geral da Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA), Belarmino Jelembi, aconselhou o PRS a analisar que municípios são prioritários, para não participar nas eleições com derrotas praticamente anunciadas.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form