Actualidade
Negócios

Protteja Seguros inaugura sede em Luanda e pretende recrutar jovens talentos

Protteja Seguros inaugura sede em Luanda e pretende recrutar jovens talentos
Foto por:
vídeo por:
Andrade Lino

A Protteja Seguros S.A. realizou, nesta terça-feira, em Luanda, a inauguração da sua sede, localizada na estrada principal da Samba, com a presença dos seus colaboradores e outros convidados institucionais.

Com um investimento estimado em 2 mil milhões de kwanzas, a seguradora conta com 37 colaboradores directos e, com o desenvolvimento da empresa, pretende admitir jovens que tenham competências profissionais e académicas que se insiram naquilo que é perfil exigido pelo departamento de Recursos Humanos, de acordo com o Director Comercial, Pedro Galha, que falou à imprensa.

Pedro Galha, Director Comercial da Protteja

Entretanto, Osvaldo Silva, Director Técnico da Protteja, revelou que a companhia, que tem uma carteira de 10 mil clientes,dispõe de uma gama de produtos, dos quais se destacam a liderança de vendas de produtos de saúde, seguro automóvel de responsabilidade civil, viagem, multi-riscos, habitação, comércio e indústria, transporte e acidentes de trabalho.

“A razão de ser desse projecto é contribuir para o desenvolvimento da nossa economia. Muito embora tenhamos uma taxa de penetração muito reduzida, a actividade seguradora está em franco crescimento e a Protteja Seguros é mais um player que aparece para proporcionar emprego para a juventude e dar o seu contributono âmbito de responsabilidade social”.

Osvaldo Silva, Director Técnico da Protteja

Fundada em 2012, o grupo tornou-se operacional há dois anos e, com um volume de negócio ronda os 9 milhões de dólares norte-americanos, resultante do investimento dos sócios, actualmente encontra-se distribuída por agências, além da Samba, no Patriota, Coqueiros e Maianga, e vai contar com uma unidade móvel que iniciará actividades em Cacuaco e Viana, sendo que está ainda prevista a abertura de agências no sul de Angola, nomeadamente Huambo e Benguela, que é um processo que se quer consolidar até ao final deste ano, senão no início do próximo.

“Ter uma abrangência territorial relativa, mas com um posicionamento físico assente em pilares de realização de capital e que nos tragam mais-valia é um dos nossos objectivos”, disse ainda Pedro Galha, que no entanto realçou que a principal aposta da Protteja vai muito no âmbito da área tecnológica, e que esta é uma componente forte.

“Temos em vista canais digitais que queremos já iniciar o processo de adesão para os clientes dos seguros de viagem e automóvel, e estamos ainda a dinamizar a nossa loja virtual que é alargada a mais produtos”, avançou.

 

 

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

A Protteja Seguros S.A. realizou, nesta terça-feira, em Luanda, a inauguração da sua sede, localizada na estrada principal da Samba, com a presença dos seus colaboradores e outros convidados institucionais.

Com um investimento estimado em 2 mil milhões de kwanzas, a seguradora conta com 37 colaboradores directos e, com o desenvolvimento da empresa, pretende admitir jovens que tenham competências profissionais e académicas que se insiram naquilo que é perfil exigido pelo departamento de Recursos Humanos, de acordo com o Director Comercial, Pedro Galha, que falou à imprensa.

Pedro Galha, Director Comercial da Protteja

Entretanto, Osvaldo Silva, Director Técnico da Protteja, revelou que a companhia, que tem uma carteira de 10 mil clientes,dispõe de uma gama de produtos, dos quais se destacam a liderança de vendas de produtos de saúde, seguro automóvel de responsabilidade civil, viagem, multi-riscos, habitação, comércio e indústria, transporte e acidentes de trabalho.

“A razão de ser desse projecto é contribuir para o desenvolvimento da nossa economia. Muito embora tenhamos uma taxa de penetração muito reduzida, a actividade seguradora está em franco crescimento e a Protteja Seguros é mais um player que aparece para proporcionar emprego para a juventude e dar o seu contributono âmbito de responsabilidade social”.

Osvaldo Silva, Director Técnico da Protteja

Fundada em 2012, o grupo tornou-se operacional há dois anos e, com um volume de negócio ronda os 9 milhões de dólares norte-americanos, resultante do investimento dos sócios, actualmente encontra-se distribuída por agências, além da Samba, no Patriota, Coqueiros e Maianga, e vai contar com uma unidade móvel que iniciará actividades em Cacuaco e Viana, sendo que está ainda prevista a abertura de agências no sul de Angola, nomeadamente Huambo e Benguela, que é um processo que se quer consolidar até ao final deste ano, senão no início do próximo.

“Ter uma abrangência territorial relativa, mas com um posicionamento físico assente em pilares de realização de capital e que nos tragam mais-valia é um dos nossos objectivos”, disse ainda Pedro Galha, que no entanto realçou que a principal aposta da Protteja vai muito no âmbito da área tecnológica, e que esta é uma componente forte.

“Temos em vista canais digitais que queremos já iniciar o processo de adesão para os clientes dos seguros de viagem e automóvel, e estamos ainda a dinamizar a nossa loja virtual que é alargada a mais produtos”, avançou.

 

 

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form