Ciência & Tecnologia
Tecnologia

PRIMAVERA lança nova versão do software que auxilia na implementação do IVA

PRIMAVERA lança nova versão do software que auxilia na implementação do IVA
Foto por:
vídeo por:
DR

A PRIMAVERA Business Software Solutions, multinacional portuguesa presente em Angola há cerca de 20 anos e especializada no desenvolvimento de software de gestão empresarial e de plataformas para integração de processos, apresentou em Luanda que vai disponibilizar aos gestores angolanos uma nova versão de software preparada para responder às exigências do IVA, e que ao mesmo tempo simplifica a gestão logística e de inventário das empresas.

Segundo a empresa, a versão 10 do ERP PRIMAVERA, agora disponibilizada, possui tecnologia de última geração que permite tratar dos processos administrativos das empresas de forma mais rápida e mais simples, assim como uma maior capacidade de integração com outros sistemas e aplicações existentes nas empresas.

A V10 inclui ainda um novo módulo destinado à gestão de inventários, que simplifica a recepção e expedição de materiais, a transferência entre armazéns e a gestão de stocks em várias moedas, de acordo com o comunicado enviado ao ONgoma News.

No que diz respeito às novas obrigações relacionadas com o IVA, este software dispõe dos mecanismos necessários para emitir facturas com o IVA, permite comunicar informações sobre os documentos à Administração Geral Tributária (AGT), explorar os ficheiros SAFT-T de auditoria e ainda tem automatismos para efectuar toda gestão contabilística das empresas, permitindo às organizações estarem totalmente preparadas para responder às novas normas fiscais, depois da implementação do novo imposto.

Esta nova versão é a maior revolução tecnológica feita até hoje ao software, lê-se no documento, pois “é um sistema híbrido que estabelece ligação natural entre soluções cloud e on premisses, permitindo uma fusão completa entre os dados das soluções instaladas com as aplicações Web, sendo mais competitiva para empresas que tenham operações logísticas exigentes e que procurem uma solução de gestão completa, que inclua todos os processos logísticos dentro do software e, ao mesmo tempo, que permite acelerar a digitalização nas organizações que ainda usam sistemas mais tradicionais.

Para aumentar a amplitude funcional da área de gestão logística, o V10 engloba um módulo de inventário que incorpora uma infra-estrutura robusta de custo e inclui funcionalidades que garantem consistência total na integração com a contabilidade, tais como mecanismo de cálculo, novo modelo para contabilizar o inventário, gestão de custo em várias moedas, novo modelo de gestão do inventário e novos mecanismos de apoio a recepção e envio de mercadorias.

De acordo com o Country Manager da PRIMAVERA Angola, José Simões, “as empresas que recorrerem a esta solução de gestão vão estar preparadas para responder a todas exigências fiscais do IVA e de forma muito simples”, sendo que será disponibilizado um automatismo que irá acelerar a migração dos dados para a nova forma de tratamento tributário.

“Terão ainda as ferramentas necessárias para uma ascensão tecnológica de última geração que lhes permite aumentar a eficiência de gestão”, disse.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

A PRIMAVERA Business Software Solutions, multinacional portuguesa presente em Angola há cerca de 20 anos e especializada no desenvolvimento de software de gestão empresarial e de plataformas para integração de processos, apresentou em Luanda que vai disponibilizar aos gestores angolanos uma nova versão de software preparada para responder às exigências do IVA, e que ao mesmo tempo simplifica a gestão logística e de inventário das empresas.

Segundo a empresa, a versão 10 do ERP PRIMAVERA, agora disponibilizada, possui tecnologia de última geração que permite tratar dos processos administrativos das empresas de forma mais rápida e mais simples, assim como uma maior capacidade de integração com outros sistemas e aplicações existentes nas empresas.

A V10 inclui ainda um novo módulo destinado à gestão de inventários, que simplifica a recepção e expedição de materiais, a transferência entre armazéns e a gestão de stocks em várias moedas, de acordo com o comunicado enviado ao ONgoma News.

No que diz respeito às novas obrigações relacionadas com o IVA, este software dispõe dos mecanismos necessários para emitir facturas com o IVA, permite comunicar informações sobre os documentos à Administração Geral Tributária (AGT), explorar os ficheiros SAFT-T de auditoria e ainda tem automatismos para efectuar toda gestão contabilística das empresas, permitindo às organizações estarem totalmente preparadas para responder às novas normas fiscais, depois da implementação do novo imposto.

Esta nova versão é a maior revolução tecnológica feita até hoje ao software, lê-se no documento, pois “é um sistema híbrido que estabelece ligação natural entre soluções cloud e on premisses, permitindo uma fusão completa entre os dados das soluções instaladas com as aplicações Web, sendo mais competitiva para empresas que tenham operações logísticas exigentes e que procurem uma solução de gestão completa, que inclua todos os processos logísticos dentro do software e, ao mesmo tempo, que permite acelerar a digitalização nas organizações que ainda usam sistemas mais tradicionais.

Para aumentar a amplitude funcional da área de gestão logística, o V10 engloba um módulo de inventário que incorpora uma infra-estrutura robusta de custo e inclui funcionalidades que garantem consistência total na integração com a contabilidade, tais como mecanismo de cálculo, novo modelo para contabilizar o inventário, gestão de custo em várias moedas, novo modelo de gestão do inventário e novos mecanismos de apoio a recepção e envio de mercadorias.

De acordo com o Country Manager da PRIMAVERA Angola, José Simões, “as empresas que recorrerem a esta solução de gestão vão estar preparadas para responder a todas exigências fiscais do IVA e de forma muito simples”, sendo que será disponibilizado um automatismo que irá acelerar a migração dos dados para a nova forma de tratamento tributário.

“Terão ainda as ferramentas necessárias para uma ascensão tecnológica de última geração que lhes permite aumentar a eficiência de gestão”, disse.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form