Actualidade
Política

Política Nacional da Juventude apresentada publicamente em Luanda

Política Nacional da Juventude apresentada publicamente em Luanda
Foto por:
vídeo por:
DR

O Ministério da Juventude e Desporto (MINJUD) apresentou ontem, em Luanda, a Política Nacional da Juventude (PNJ), com o intuito de envolver os actores sociais, parceiros nacionais e internacionais na sua materialização, bem como estimular a participação da sociedade na monitorização e implementação.

Apresentada pelo director nacional do Departamento para as Políticas da Juventude, Kikas Machado, a PNJ é um instrumento de coordenação multi e inter-sectorial, destinado ao reforço e protecção especial dos direitos dos jovens, promovendo e assegurando a plena inserção e participação no processo de transformação e desenvolvimento político, social, económico e cultural do país.

A estratégia visa alcançar uma sociedade mais justa e equilibrada em que os jovens tenham acesso à saúde, formação, qualificação profissional e académica que os habilite à plena integração no mercado de trabalho, de acordo com a Angop, que soube que a política visa ainda promover a criação de um conjunto de pressupostos e de mecanismos institucionais, salvaguardados por legislação específica, com vista a assegurar a participação da juventude do país em todos os domínios da vida política, económica, social e cultural.

Kikas Machado acrescentou, adiante, que os valores do documento assentam na defesa e promoção da cidadania, patriotismo, soberania angolana e sua integridade territorial e a unidade da nação, defesa das tradições histórico-cultural e outros valores sociais.

Durante a sua vigência, prevê-se a criação de mecanismos institucional que facilite o desenvolvimento integral da juventude, desenvolver programas sob a direcção do Estado, com a participação do sector produtivo nacional e estrangeiro, bem como promover envolvimento da democracia participativa e do desenvolvimento social.

6galeria

Redacção

O Ministério da Juventude e Desporto (MINJUD) apresentou ontem, em Luanda, a Política Nacional da Juventude (PNJ), com o intuito de envolver os actores sociais, parceiros nacionais e internacionais na sua materialização, bem como estimular a participação da sociedade na monitorização e implementação.

Apresentada pelo director nacional do Departamento para as Políticas da Juventude, Kikas Machado, a PNJ é um instrumento de coordenação multi e inter-sectorial, destinado ao reforço e protecção especial dos direitos dos jovens, promovendo e assegurando a plena inserção e participação no processo de transformação e desenvolvimento político, social, económico e cultural do país.

A estratégia visa alcançar uma sociedade mais justa e equilibrada em que os jovens tenham acesso à saúde, formação, qualificação profissional e académica que os habilite à plena integração no mercado de trabalho, de acordo com a Angop, que soube que a política visa ainda promover a criação de um conjunto de pressupostos e de mecanismos institucionais, salvaguardados por legislação específica, com vista a assegurar a participação da juventude do país em todos os domínios da vida política, económica, social e cultural.

Kikas Machado acrescentou, adiante, que os valores do documento assentam na defesa e promoção da cidadania, patriotismo, soberania angolana e sua integridade territorial e a unidade da nação, defesa das tradições histórico-cultural e outros valores sociais.

Durante a sua vigência, prevê-se a criação de mecanismos institucional que facilite o desenvolvimento integral da juventude, desenvolver programas sob a direcção do Estado, com a participação do sector produtivo nacional e estrangeiro, bem como promover envolvimento da democracia participativa e do desenvolvimento social.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form