Arte e Cultura
Música

Poeta Momentâneo lança “O Mundo Chora”

Poeta Momentâneo lança “O Mundo Chora”
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

O escritor e declamador angolano Poeta Momentâneo fez ontem o lançamento da sua mais recente obra discográfica, intitulada “O Mundo Chora”, que conta com a participação do rapper Coronel Bernando, “gerando um casamento perfeito entre a poesia e o RAP”.

“O Mundo Chora” aborda os pontos fracos e fortes da pandemia da Covid-19 no mundo, e o artista faz recurso a Deus como solução de tantas situações a ocorrerem no mundo, como perdas humanas, economia mundial rota, desemprego em alta, e também como uma oportunidade de se reinventar para sobreviver.

Criador do estilo “fusionismo”, que é a mistura da poesia declamada com vários ritmos e artes como teatro, música, pantomima, artes plásticas e dança, de acordo com o comunicado que recebemos, a obra tornou-se disponível em todas as plataformas digitais, a partir das 10 horas de ontem.

Nelson Salvador Costa Neto, ou Poeta Momentâneo, é natural do Huambo, licenciado em Jornalismo, e mestrando no curso de Marketing & Comunicação.

Desde criança denunciava interesse pelas letras. Já fez teatro e já participou de vários projectos cinematográficos.

6galeria

Redacção

O escritor e declamador angolano Poeta Momentâneo fez ontem o lançamento da sua mais recente obra discográfica, intitulada “O Mundo Chora”, que conta com a participação do rapper Coronel Bernando, “gerando um casamento perfeito entre a poesia e o RAP”.

“O Mundo Chora” aborda os pontos fracos e fortes da pandemia da Covid-19 no mundo, e o artista faz recurso a Deus como solução de tantas situações a ocorrerem no mundo, como perdas humanas, economia mundial rota, desemprego em alta, e também como uma oportunidade de se reinventar para sobreviver.

Criador do estilo “fusionismo”, que é a mistura da poesia declamada com vários ritmos e artes como teatro, música, pantomima, artes plásticas e dança, de acordo com o comunicado que recebemos, a obra tornou-se disponível em todas as plataformas digitais, a partir das 10 horas de ontem.

Nelson Salvador Costa Neto, ou Poeta Momentâneo, é natural do Huambo, licenciado em Jornalismo, e mestrando no curso de Marketing & Comunicação.

Desde criança denunciava interesse pelas letras. Já fez teatro e já participou de vários projectos cinematográficos.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form