Desporto
Futebol

Petro goleia Orapa por 4-0 em jogo da 1ª mão da preliminar

Petro goleia Orapa por 4-0 em jogo da 1ª mão da preliminar
Foto por:
vídeo por:
DR

O Petro de Luanda começou, ontem à tarde, a campanha de apuramento para a fase de grupos da 16ª edição da Taça Nelson Mandela, com goleada de 4-0 sobre o Orapa United FC do Botswana, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, em jogo da primeira mão da preliminar da competição africana de futebol.

De acordo com o Jornal de Angola, a goleada dos tricolores do Eixo Viário valeu mais pelo número de tentos do que pela exibição colectiva e individual, evidenciada pela equipa orientada pelo técnico Roberto Bianchi. Um resultado que dá alguma tranquilidade para o desafio da segunda mão, na próxima quarta-feira, 5 de Dezembro, na cidade de Francistown.

O Orapa United FC, que se apresentou bem no aspecto físico, é um conjunto que sabe circular a bola, mas sem profundidade e argumentos técnicos para suplantar os tricolores no seu reduto.

Buzwani-Molebatsswi Kealeboga, do Orapa United FC, fez na primeira parte o  auto-golo após desviar a bola num cabeceamento de Job.   Na etapa complementar, o Petro jogou melhor com a criação de várias oportunidades de golo, mas o capitão Job nalgumas jogadas foi ex-cessivamente individualista. Nesta fase de jogo, o árbitro Ben Amisy Tsimanohitsy Ibrahim, do Madagáscar, não assinalou um penaltie a favor do Orapa United, quando Danilson, na sua área, controlou a bola com a mão para o corte do esférico.

Vá, nova aquisição do Petro, apontou o segundo golo, e Tony saltou do banco para bisar. No primeiro tento, o dianteiro brasileiro foi assistido por Job, ao passo que no segundo passou por vários defensores adversários.

O jogo da segunda mão disputa-se às 18h00, no Estádio Itekeng, na cidade de Francistown, cerca de 400 quilómetros a Nordeste da capital do Botswana.

Os tricolores seguem na próxima segunda-feira para Gaberone, com uma comitiva de 25 elementos, via Joanesburgo, África do Sul, onde efectuam escala técnica.
O vencedor desta eliminatória joga, no próximo mês de Dezembro, com a equipa que triunfar na preliminar entre Al Ahly Shandi, do Su-dão, e AS Nyuki da República Democrática do Congo.


6galeria

Redacção

O Petro de Luanda começou, ontem à tarde, a campanha de apuramento para a fase de grupos da 16ª edição da Taça Nelson Mandela, com goleada de 4-0 sobre o Orapa United FC do Botswana, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, em jogo da primeira mão da preliminar da competição africana de futebol.

De acordo com o Jornal de Angola, a goleada dos tricolores do Eixo Viário valeu mais pelo número de tentos do que pela exibição colectiva e individual, evidenciada pela equipa orientada pelo técnico Roberto Bianchi. Um resultado que dá alguma tranquilidade para o desafio da segunda mão, na próxima quarta-feira, 5 de Dezembro, na cidade de Francistown.

O Orapa United FC, que se apresentou bem no aspecto físico, é um conjunto que sabe circular a bola, mas sem profundidade e argumentos técnicos para suplantar os tricolores no seu reduto.

Buzwani-Molebatsswi Kealeboga, do Orapa United FC, fez na primeira parte o  auto-golo após desviar a bola num cabeceamento de Job.   Na etapa complementar, o Petro jogou melhor com a criação de várias oportunidades de golo, mas o capitão Job nalgumas jogadas foi ex-cessivamente individualista. Nesta fase de jogo, o árbitro Ben Amisy Tsimanohitsy Ibrahim, do Madagáscar, não assinalou um penaltie a favor do Orapa United, quando Danilson, na sua área, controlou a bola com a mão para o corte do esférico.

Vá, nova aquisição do Petro, apontou o segundo golo, e Tony saltou do banco para bisar. No primeiro tento, o dianteiro brasileiro foi assistido por Job, ao passo que no segundo passou por vários defensores adversários.

O jogo da segunda mão disputa-se às 18h00, no Estádio Itekeng, na cidade de Francistown, cerca de 400 quilómetros a Nordeste da capital do Botswana.

Os tricolores seguem na próxima segunda-feira para Gaberone, com uma comitiva de 25 elementos, via Joanesburgo, África do Sul, onde efectuam escala técnica.
O vencedor desta eliminatória joga, no próximo mês de Dezembro, com a equipa que triunfar na preliminar entre Al Ahly Shandi, do Su-dão, e AS Nyuki da República Democrática do Congo.


6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form