Desporto
Futebol

O desporto ajuda a escrever "o nome de Angola com letras de ouro"

O desporto ajuda a escrever "o nome de Angola com letras de ouro"
Foto por:
vídeo por:
DR


O jogador da selecção de Angola de futebol adaptado, João das Dores Manuel, acredita que o desporto é a forma mais fácil de inclusão social, mas defende que ainda é preciso mais apoio, credibilidade, campeonatos e acompanhamento, “a fim de os atletas escreverem o nome de Angola com letras de ouro”.

A fonte sente-se mais confiante por Angola ser campeã do mundo de futebol adaptado 2018, no México, e considera que a conquista não só levantou a moral dos atletas, mas também de todas as pessoas com necessidades especiais em Angola.

"Hoje, nós conseguimos ver que as pessoas portadoras de deficiência física aparecem mais”, disse, em entrevista ao ONgoma News, por ocasião de uma palestra motivacional subordinada ao tema “Tudo depende do ponto de vista”, realizada pela BONWS Seguro, recentemente, no Hotel Diamante, em Luanda.

O atleta realçou que “a união e a coesão” no seio na Selecção Nacional de Futebol Adaptado, foram determinantes para a conquista do mundial.

“A coesão e união começaram já aqui em Angola desde o mês de Maio em que se deu início ao estágio, pois, a direcção do Comité Paralímpico Angolano trabalhou com todo cuidado para manter o grupo unido até ao México. Mas, claro, tudo isso só se consegue acreditando em Deus”, destacou.

João Manuel revelou ainda que a vitória recentemente conquistada dá mais conforto à Selecção Nacional de Futebol Adaptado e que deseja jogar em diferentes competições internacionais.






6galeria

Pedro Kididi

Jornalista


O jogador da selecção de Angola de futebol adaptado, João das Dores Manuel, acredita que o desporto é a forma mais fácil de inclusão social, mas defende que ainda é preciso mais apoio, credibilidade, campeonatos e acompanhamento, “a fim de os atletas escreverem o nome de Angola com letras de ouro”.

A fonte sente-se mais confiante por Angola ser campeã do mundo de futebol adaptado 2018, no México, e considera que a conquista não só levantou a moral dos atletas, mas também de todas as pessoas com necessidades especiais em Angola.

"Hoje, nós conseguimos ver que as pessoas portadoras de deficiência física aparecem mais”, disse, em entrevista ao ONgoma News, por ocasião de uma palestra motivacional subordinada ao tema “Tudo depende do ponto de vista”, realizada pela BONWS Seguro, recentemente, no Hotel Diamante, em Luanda.

O atleta realçou que “a união e a coesão” no seio na Selecção Nacional de Futebol Adaptado, foram determinantes para a conquista do mundial.

“A coesão e união começaram já aqui em Angola desde o mês de Maio em que se deu início ao estágio, pois, a direcção do Comité Paralímpico Angolano trabalhou com todo cuidado para manter o grupo unido até ao México. Mas, claro, tudo isso só se consegue acreditando em Deus”, destacou.

João Manuel revelou ainda que a vitória recentemente conquistada dá mais conforto à Selecção Nacional de Futebol Adaptado e que deseja jogar em diferentes competições internacionais.






6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form