Showbiz
Entretenimento

“Não sou do tipo de pessoa que entra para a televisão para aparecer”, esclarece Bruna Sousa

“Não sou do tipo de pessoa que entra para a televisão para aparecer”, esclarece Bruna Sousa
Foto por:
vídeo por:
Andrade Lino

A ex apresentadora do Zap News esclareceu que nem todas as pessoas começam a trabalhar em televisão ou exercem determinadas profissões apenas para aparecer, que não é este tipo de pessoa, “ao contrário daquilo que pode parecer ou do que as pessoas acham”, e que quando começou a trabalhar em TV nem sequer sabia que mundo era esse.

Bruna Sousa falava sobre a sua saída daquele programa televisivo, facto pelo qual lamenta bastante, e pelo que foi informada, disse, tratou-se de uma estratégia interna do próprio canal Zap Viva e agora aguarda pelo que se pode fazer no futuro.

“Quando comecei a ganhar gosto pela coisa, foi mesmo gosto por fazer e não por aparecer, porque desde pequena sempre tive muitos amigos, sempre conheci muita gente e muita gente me conheceu e acredita que isso não é para mim novidade, não me espanto muito”, disse, e acrescentou que fica triste porque sabe que “alegrava muita gente”, fica triste pelos espectadores e por si mesma também.

Em entrevista ao ONgoma News, questionada sobre o que terá aprendido como co-apresentadora do programa, ao lado de Daniel Nascimento, a também modelo fotográfica disse que “foram 5 anos de Zap News, muita coisa mudou”, muita coisa aprendeu, mudou não só profissionalmente como pessoalmente, “porque não tinha um perfil tão fácil”, hoje é uma pessoa mais acessível, graças ao trabalho que teve naquela cadeia televisiva.

 “Tenho outras pessoas doutro lado e que gostam de mim, por isso é triste, e não só: eu criei, agora falando da Zap de um modo geral, uma família, tanto é que quando anunciaram que eu já não poderia fazer parte do programa Zap News as meninas tentaram dar um show e eu também, mas prontos, vou aguardar e enquanto isso vou procurar outras coisas para fazer, posso jogar “Não te irrites”, porque ser “kunanga” também é profissão”, brincou, tendo realçado que actualmente, com o desemprego, tem ido muitas vezes à praia fazer surf, tem praticado desportos radicais, corre do princípio da Ilha de Luanda até ao Tamariz, com a sua cadela.

“Tenho tido mais tempo para ela, dou-lhe mais atenção e estou à procura de emprego, estou a bater todas as portas, estou a deixar o meu currículo em todo lado e já tive algumas respostas, tenho estado com a minha família, tenho me ligado ao outro meu lado de artista: teatro, pintura, moda, portanto tenho feito muita coisa, porque eu não estou completamente parada, não estou desempregada de não fazer nada na vida”, revelou Bruna Sousa, que precisou então que “é uma questão de a pessoa ver o que faz”, sendo que tem outros dons além de apresentar e, assim sendo, está a aproveitar para descansar, “porque se for a ver, no Zap News, férias eram só de duas ou três semanas no máximo”.

A convidada para o Goz´aqui no mês de Março anunciou também que está a preparar alguma coisa, já que as pessoas só conhecem o seu lado de apresentadora, não conhecem o seu lado de pintora, algo que faz desde os seus 15 anos de idade.

“Tinha parado de pintar porque o trabalho na Zap era muito intenso e eu não tinha tempo, nem tinha criatividade. Eu gosto de teatro e eu já disse há dois anos que quero ser actriz, não só querer por querer, mas porque eu sinto dentro de mim essa veia, depois vêm os meus desportos radicais, dos quais não abdico por nada e as pessoas não levam a serio, mas é assim: nos Estados Unidos, até pular a corda é um desporto”, desabafou.

No entanto, o ex rosto do Zap News contou que vai começar talvez pela rádio e depois aguardar o que pode fazer na televisão, nesta senda da busca pelo emprego, uma vez que “a paixão de trabalhar no Zap News foi crescendo, não sonhava trabalhar em televisão e muito menos em rádio, actriz sempre quis ser”, porque fez teatro quando era pequena, na escola.

“Então, nunca perdi esse gosto e porque eu sinto que, todos os dias, quando eu acordo, sou uma outra pessoa, eu encaro uma personagem e eu vou vivendo de acordo com o que eu visto”, disse Bruna Sousa que, por fim, confessou ter muito boas memórias da longa jornada enquanto co-apresentadora do programa.

“Aprendi muito com o Daniel e para já agradecer a ele por ter tido a paciência de me ensinar muitas coisas e vou continuar a aprender”, concluiu.

 

 

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

A ex apresentadora do Zap News esclareceu que nem todas as pessoas começam a trabalhar em televisão ou exercem determinadas profissões apenas para aparecer, que não é este tipo de pessoa, “ao contrário daquilo que pode parecer ou do que as pessoas acham”, e que quando começou a trabalhar em TV nem sequer sabia que mundo era esse.

Bruna Sousa falava sobre a sua saída daquele programa televisivo, facto pelo qual lamenta bastante, e pelo que foi informada, disse, tratou-se de uma estratégia interna do próprio canal Zap Viva e agora aguarda pelo que se pode fazer no futuro.

“Quando comecei a ganhar gosto pela coisa, foi mesmo gosto por fazer e não por aparecer, porque desde pequena sempre tive muitos amigos, sempre conheci muita gente e muita gente me conheceu e acredita que isso não é para mim novidade, não me espanto muito”, disse, e acrescentou que fica triste porque sabe que “alegrava muita gente”, fica triste pelos espectadores e por si mesma também.

Em entrevista ao ONgoma News, questionada sobre o que terá aprendido como co-apresentadora do programa, ao lado de Daniel Nascimento, a também modelo fotográfica disse que “foram 5 anos de Zap News, muita coisa mudou”, muita coisa aprendeu, mudou não só profissionalmente como pessoalmente, “porque não tinha um perfil tão fácil”, hoje é uma pessoa mais acessível, graças ao trabalho que teve naquela cadeia televisiva.

 “Tenho outras pessoas doutro lado e que gostam de mim, por isso é triste, e não só: eu criei, agora falando da Zap de um modo geral, uma família, tanto é que quando anunciaram que eu já não poderia fazer parte do programa Zap News as meninas tentaram dar um show e eu também, mas prontos, vou aguardar e enquanto isso vou procurar outras coisas para fazer, posso jogar “Não te irrites”, porque ser “kunanga” também é profissão”, brincou, tendo realçado que actualmente, com o desemprego, tem ido muitas vezes à praia fazer surf, tem praticado desportos radicais, corre do princípio da Ilha de Luanda até ao Tamariz, com a sua cadela.

“Tenho tido mais tempo para ela, dou-lhe mais atenção e estou à procura de emprego, estou a bater todas as portas, estou a deixar o meu currículo em todo lado e já tive algumas respostas, tenho estado com a minha família, tenho me ligado ao outro meu lado de artista: teatro, pintura, moda, portanto tenho feito muita coisa, porque eu não estou completamente parada, não estou desempregada de não fazer nada na vida”, revelou Bruna Sousa, que precisou então que “é uma questão de a pessoa ver o que faz”, sendo que tem outros dons além de apresentar e, assim sendo, está a aproveitar para descansar, “porque se for a ver, no Zap News, férias eram só de duas ou três semanas no máximo”.

A convidada para o Goz´aqui no mês de Março anunciou também que está a preparar alguma coisa, já que as pessoas só conhecem o seu lado de apresentadora, não conhecem o seu lado de pintora, algo que faz desde os seus 15 anos de idade.

“Tinha parado de pintar porque o trabalho na Zap era muito intenso e eu não tinha tempo, nem tinha criatividade. Eu gosto de teatro e eu já disse há dois anos que quero ser actriz, não só querer por querer, mas porque eu sinto dentro de mim essa veia, depois vêm os meus desportos radicais, dos quais não abdico por nada e as pessoas não levam a serio, mas é assim: nos Estados Unidos, até pular a corda é um desporto”, desabafou.

No entanto, o ex rosto do Zap News contou que vai começar talvez pela rádio e depois aguardar o que pode fazer na televisão, nesta senda da busca pelo emprego, uma vez que “a paixão de trabalhar no Zap News foi crescendo, não sonhava trabalhar em televisão e muito menos em rádio, actriz sempre quis ser”, porque fez teatro quando era pequena, na escola.

“Então, nunca perdi esse gosto e porque eu sinto que, todos os dias, quando eu acordo, sou uma outra pessoa, eu encaro uma personagem e eu vou vivendo de acordo com o que eu visto”, disse Bruna Sousa que, por fim, confessou ter muito boas memórias da longa jornada enquanto co-apresentadora do programa.

“Aprendi muito com o Daniel e para já agradecer a ele por ter tido a paciência de me ensinar muitas coisas e vou continuar a aprender”, concluiu.

 

 

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form