Showbiz
Moda

Modelos e Estilistas cativam a atenção do público com colecções valentes no AIFS 2017

Modelos e Estilistas cativam a atenção do público com colecções valentes no AIFS 2017
Foto por:
vídeo por:
DR

Com periodicidade anual, a 5ª edição Angola Internacional Fashion Show (AIFS), um evento de moda filantrópica produzido por Dinélia Produções e Eventos, reuniu este fim-de-semana, dias 1  e 2, modelos e estilistas nacionais e internacionais que encantaram o público com colecções valentes, no Centro de Convenções de Talatona (CCTA), em Luanda.

O evento surgiu em 2013, na capital do país, como forma de ajudar a fazer crescer a economia da moda e fornecer mais emprego e oportunidade para as pessoas e, segundo a organização, a plataforma tem como missão conduzir e facilitar a criação de postos de trabalho no mercado de moda em Angola, através da criação de relacionamentos entre empresas e empresários em todo o mundo.

Dinamene Cruz, apresentadora de TV, que desfilou com a colecção do estilista moçambicano Omar Adelino, juntamente com a cantora Yola Araújo, avalia a iniciativa como sendo positiva. “É uma plataforma que acaba por superar em todas as edições as expectativas, traz coisas novas e estilistas para que nós, os angolanos, e os outros do continente, possamos nos conhecer”, realçou.

Em entrevista ao ONgoma News, a estilista angolana Dina Simão, reconheceu a carência de qualidade e profissionalismo na moda angolana. “A moda em Angola está boa, mas precisa de mais qualidade porque não basta fazer a roupa, é necessário que haja qualidade no que se faz”, admitiu, acrescentando, por ocasião do segundo dia, que “os nossos talentos precisam de profissionalismo, pois eles têm ideias, arte, mas não se faz só assim de forma empírica, é importante as pessoas mergulharem na experiência”.

Durante dois dias, além de Dina Simão, a festa juntou marcas de outros estilistas, com destaque para  Sisters Paiva (Angola), Alexander Akander (Camarões), Dona Pen Design (Gabão), Oumar Barros (Costa do Marfim), Yhebe Design (Costa do Marfim), Marie Bocoum (Mali), Luxury by K (Marrocos), Nivaldo Thierry e Omar Adelino (Moçambique).

As noites contaram ainda com a animação musical de Edmázia, Preto Show, Bass, Kyaku Kyadaff, Davido e tantos outros.

Vale sublinhar que, o evento também doa uma parte dos bilhetes vendidos a diferentes organizações sem fins lucrativos, sendo que, por exemplo, orfanatos, vítimas da seca, HIV/Sida e hospitais.

6galeria

Pedro Kididi

Jornalista

Com periodicidade anual, a 5ª edição Angola Internacional Fashion Show (AIFS), um evento de moda filantrópica produzido por Dinélia Produções e Eventos, reuniu este fim-de-semana, dias 1  e 2, modelos e estilistas nacionais e internacionais que encantaram o público com colecções valentes, no Centro de Convenções de Talatona (CCTA), em Luanda.

O evento surgiu em 2013, na capital do país, como forma de ajudar a fazer crescer a economia da moda e fornecer mais emprego e oportunidade para as pessoas e, segundo a organização, a plataforma tem como missão conduzir e facilitar a criação de postos de trabalho no mercado de moda em Angola, através da criação de relacionamentos entre empresas e empresários em todo o mundo.

Dinamene Cruz, apresentadora de TV, que desfilou com a colecção do estilista moçambicano Omar Adelino, juntamente com a cantora Yola Araújo, avalia a iniciativa como sendo positiva. “É uma plataforma que acaba por superar em todas as edições as expectativas, traz coisas novas e estilistas para que nós, os angolanos, e os outros do continente, possamos nos conhecer”, realçou.

Em entrevista ao ONgoma News, a estilista angolana Dina Simão, reconheceu a carência de qualidade e profissionalismo na moda angolana. “A moda em Angola está boa, mas precisa de mais qualidade porque não basta fazer a roupa, é necessário que haja qualidade no que se faz”, admitiu, acrescentando, por ocasião do segundo dia, que “os nossos talentos precisam de profissionalismo, pois eles têm ideias, arte, mas não se faz só assim de forma empírica, é importante as pessoas mergulharem na experiência”.

Durante dois dias, além de Dina Simão, a festa juntou marcas de outros estilistas, com destaque para  Sisters Paiva (Angola), Alexander Akander (Camarões), Dona Pen Design (Gabão), Oumar Barros (Costa do Marfim), Yhebe Design (Costa do Marfim), Marie Bocoum (Mali), Luxury by K (Marrocos), Nivaldo Thierry e Omar Adelino (Moçambique).

As noites contaram ainda com a animação musical de Edmázia, Preto Show, Bass, Kyaku Kyadaff, Davido e tantos outros.

Vale sublinhar que, o evento também doa uma parte dos bilhetes vendidos a diferentes organizações sem fins lucrativos, sendo que, por exemplo, orfanatos, vítimas da seca, HIV/Sida e hospitais.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form