Actualidade
Política

Ministro considera estabilidade social principal mobilizador de investimento directo

Ministro considera estabilidade social principal mobilizador de investimento directo
Foto por:
vídeo por:
DR

O ministro da Administração do Território, Dionísio Manuel da Fonseca, considerou recentemente a estabilidade social como sendo o principal factor de mobilização de investimento directo, estrangeiro e nacional, que "serve para promover o nível de empregabilidade e garantir o sustento de cada família".

Falando na província do Bié, Cuito, por ocasião do 17 de Setembro, o governante disse ainda que a preservação dos bens públicos e a promoção da convivência social em todas as localidades, a observância das leis e das regras definidas pelas entidades administrativas competentes, o respeito às regras do jogo democrático, o exercício dos direitos individuais, sem afectar nem condicionar o bem-estar de outro cidadão, deve ser o exercício de todos.

Por outro lado, Dionísio Manuel da Fonseca declarou que o Executivo vai continuar a trabalhar para facilitar o acesso às sementes agrícolas e incentivar a produção nacional, bem como recuperar as vias de acesso para o escoamento nos grandes centros urbanos, tendo acentuado então que o Bié tem potencial agrícola para garantir a sustentabilidade alimentar com o nível de terras aráveis existentes em várias localidades que podem ser aproveitadas pelos investidores.

Por sua vez, na ocasião, o governador do Bié, Pereira Alfredo, destacou a importância da escolha da realização da actividade na região, tendo em conta a passagem do primeiro Presidente da República de Angola, Agostinho Neto, enquanto médico.

Pereira Alfredo explicou que Agostinho Neto, enquanto médico, desempenhou a função no actual Hospital Provincial do Bié, facto que deixou lembranças aos que conviveram com o ex-estadista.

"Temos testemunhos de pessoas que acompanharam a carreira de médico, enquanto funcionário público do Hospital Provincial do Bié. Por isso, existem ruas e instituições públicas com o nome em homenagem ao contributo pelo país", referiu.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

O ministro da Administração do Território, Dionísio Manuel da Fonseca, considerou recentemente a estabilidade social como sendo o principal factor de mobilização de investimento directo, estrangeiro e nacional, que "serve para promover o nível de empregabilidade e garantir o sustento de cada família".

Falando na província do Bié, Cuito, por ocasião do 17 de Setembro, o governante disse ainda que a preservação dos bens públicos e a promoção da convivência social em todas as localidades, a observância das leis e das regras definidas pelas entidades administrativas competentes, o respeito às regras do jogo democrático, o exercício dos direitos individuais, sem afectar nem condicionar o bem-estar de outro cidadão, deve ser o exercício de todos.

Por outro lado, Dionísio Manuel da Fonseca declarou que o Executivo vai continuar a trabalhar para facilitar o acesso às sementes agrícolas e incentivar a produção nacional, bem como recuperar as vias de acesso para o escoamento nos grandes centros urbanos, tendo acentuado então que o Bié tem potencial agrícola para garantir a sustentabilidade alimentar com o nível de terras aráveis existentes em várias localidades que podem ser aproveitadas pelos investidores.

Por sua vez, na ocasião, o governador do Bié, Pereira Alfredo, destacou a importância da escolha da realização da actividade na região, tendo em conta a passagem do primeiro Presidente da República de Angola, Agostinho Neto, enquanto médico.

Pereira Alfredo explicou que Agostinho Neto, enquanto médico, desempenhou a função no actual Hospital Provincial do Bié, facto que deixou lembranças aos que conviveram com o ex-estadista.

"Temos testemunhos de pessoas que acompanharam a carreira de médico, enquanto funcionário público do Hospital Provincial do Bié. Por isso, existem ruas e instituições públicas com o nome em homenagem ao contributo pelo país", referiu.

6galeria

Artigos relacionados

No items found.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form