Actualidade
Tecnologia

Ministro afirma que a evolução das tecnologias coloca muitos desafios ao sector dos correios

Ministro afirma que a evolução das tecnologias coloca muitos desafios ao sector dos correios
Foto por:
vídeo por:
DR

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social afirmou que o evoluir das novas tecnologias veio colocar muitos desafios ao sector dos correios, devendo ser acompanhado de fortes investimentos.

Manuel Homem, que assegurou em Luanda o grande trabalho de modernização dos Correios de Angola, para que possa corresponder aos anseios e necessidades dos utentes, ao falar na cerimónia de relançamento do portal da empresa, no âmbito do Dia Mundial dos Correios, assinalado no passado dia 9 deste mês, espera que, essencialmente, esses serviços continuem a funcionar e que os seus suportes devem ser feitos com regularidade, contando com os apoios necessários por parte do Governo.

“Por tudo que está a ser feito, continuaremos a monitorar, para que a qualidade dos serviços se mantenham, em benefício do país e dos cidadãos”, frisou o governante.

Por sua vez, o presidente do conselho de administração da Empresa Nacional de Correios e Telégrafos de Angola – E.P., Walter Teixeira, expressou o compromisso da instituição em continuar a trabalhar arduamente na concretização dos seus propósitos e contribuir na arrecadação de mais receitas para o Estado.  

Além de admitir que a Covid-19 veio dificultar alguns serviços da empresa, com a diminuição dos voos, o engenheiro destacou que, mesmo assim, tiveram um aumento de encomendas postais.

Segundo a Angop, o gestor exemplificou que dos 20 voos semanais anteriores, agora beneficiam apenas de quatro, com uma média de cerca de 20 mil encomendas.

No acto, decorrido na sua sede, que também contou com a presença do secretário de Estado da Comunicação, Nuno Albino, foram homenageados dois antigos trabalhadores, no caso Fernando Faria e Félix Lourenço.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social afirmou que o evoluir das novas tecnologias veio colocar muitos desafios ao sector dos correios, devendo ser acompanhado de fortes investimentos.

Manuel Homem, que assegurou em Luanda o grande trabalho de modernização dos Correios de Angola, para que possa corresponder aos anseios e necessidades dos utentes, ao falar na cerimónia de relançamento do portal da empresa, no âmbito do Dia Mundial dos Correios, assinalado no passado dia 9 deste mês, espera que, essencialmente, esses serviços continuem a funcionar e que os seus suportes devem ser feitos com regularidade, contando com os apoios necessários por parte do Governo.

“Por tudo que está a ser feito, continuaremos a monitorar, para que a qualidade dos serviços se mantenham, em benefício do país e dos cidadãos”, frisou o governante.

Por sua vez, o presidente do conselho de administração da Empresa Nacional de Correios e Telégrafos de Angola – E.P., Walter Teixeira, expressou o compromisso da instituição em continuar a trabalhar arduamente na concretização dos seus propósitos e contribuir na arrecadação de mais receitas para o Estado.  

Além de admitir que a Covid-19 veio dificultar alguns serviços da empresa, com a diminuição dos voos, o engenheiro destacou que, mesmo assim, tiveram um aumento de encomendas postais.

Segundo a Angop, o gestor exemplificou que dos 20 voos semanais anteriores, agora beneficiam apenas de quatro, com uma média de cerca de 20 mil encomendas.

No acto, decorrido na sua sede, que também contou com a presença do secretário de Estado da Comunicação, Nuno Albino, foram homenageados dois antigos trabalhadores, no caso Fernando Faria e Félix Lourenço.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form