Sociedade
Crime

Marginais invadem templos da IURD e vandalizam bens

Marginais invadem templos da IURD e vandalizam bens
Foto por:
vídeo por:
DR

Dois templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola foram vandalizados por marginais desconhecidos, na madrugada deste domingo, na catedral do bairro Morro Bento, distrito urbano da Samba, município de Luanda, e no cenáculo-sede da província de Malange, imóveis que se encontram apreendidos pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Conforme informou à ANGOP o porta-voz da comissão da reforma da congregação, Gime Inácio, praticamente todo o material usado para a realização de cultos, como aparelhos de som e teclados, foi vandalizado durante os assaltos.

A acção terá sido praticada por 20 a 25 marginais, que se apresentaram "fortemente armados", tendo levado impressoras e ar condicionados, além de partirem os vidros da entrada frontal do templo do Morro Bento, afirmou o responsável, avançando que, apesar da virilidade dos marginais, não houve vítimas humanas.

Já o porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional em Luanda, inspector-chefe Nestor Goubel, confirmou que foram roubadas quatro colunas, igual número de unidades de som, três aparelhos de ar condicionado, igual quantidade de amplificadores e um projector de imagens.

Informou que a Polícia Nacional já está a investigar o caso e acções estão em curso no sentido de deter os suspeitos  e esclarecer o caso, o mais rápido possível.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

Dois templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola foram vandalizados por marginais desconhecidos, na madrugada deste domingo, na catedral do bairro Morro Bento, distrito urbano da Samba, município de Luanda, e no cenáculo-sede da província de Malange, imóveis que se encontram apreendidos pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Conforme informou à ANGOP o porta-voz da comissão da reforma da congregação, Gime Inácio, praticamente todo o material usado para a realização de cultos, como aparelhos de som e teclados, foi vandalizado durante os assaltos.

A acção terá sido praticada por 20 a 25 marginais, que se apresentaram "fortemente armados", tendo levado impressoras e ar condicionados, além de partirem os vidros da entrada frontal do templo do Morro Bento, afirmou o responsável, avançando que, apesar da virilidade dos marginais, não houve vítimas humanas.

Já o porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional em Luanda, inspector-chefe Nestor Goubel, confirmou que foram roubadas quatro colunas, igual número de unidades de som, três aparelhos de ar condicionado, igual quantidade de amplificadores e um projector de imagens.

Informou que a Polícia Nacional já está a investigar o caso e acções estão em curso no sentido de deter os suspeitos  e esclarecer o caso, o mais rápido possível.

6galeria

Artigos relacionados

No items found.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form