Sociedade
Crime

Marginais assaltam fábrica de bloco e atingem mortalmente um segurança

Marginais assaltam fábrica de bloco e atingem mortalmente um segurança
Foto por:
vídeo por:
DR

Um grupo de marginais, composto por dez elementos, assaltou há dias uma fábrica de blocos, no município de Viana, onde roubou um milhão de kwanzas e atingiu mortalmente, com vários disparos, um segurança em serviço, Sampaio Capita, de 54 anos de idade.

O caso aconteceu no bairro Bita Mutamba, Distrito Urbano da Vila Flor, tendo o segurança perdido a vida a caminho do hospital, de acordo com a Polícia Nacional.

O gerente da fábrica de blocos, Vingue Johny, de 40 anos, explicou que os marginais, armados com metralhadoras do tipo AKM e pistolas, arrombaram a porta e dispararam contra o segurança na região do abdómen, provocando a sua morte.

 O responsável disse que, além de terem tirado a vida a um cidadão, os amigos do alheio roubaram valores monetários e 12 telemóveis, assim como seis computadores portáteis da fábrica.

Além deste incidente, a Polícia Nacional registou ainda a morte, por disparo de armas de fogo, do cidadão António Agostinho, de 26 anos, protagonizado por três elementos até agora em fuga. O caso ocorreu no Distrito Urbano da Baia, bairro Km 30, quando os meliantes assaltaram a sua residência. 

Ainda no município de Viana, três meliantes que se encontram em fuga assassinaram um jovem por ter resistido ao roubo do seu telemóvel e outros objectos de valor, caso que teve lugar no bairro Km 9, Distrito Urbano da Estalagem, na via pública. O jovem ainda foi socorrido num hospital de Luanda, mas acabou por falecer. 

Já no município do Sambizanga, segundo o Jornal de Angola, a Polícia Nacional registou a morte de Inácio Jovete, de 30 anos de idade, acto praticado supostamente por um amigo, que se encontra em fuga.

De acordo com a corporação, o caso registou-se no bairro da Madeira, no interior de uma residência, quando a vítima convivia com o acusado.

6galeria

Redacção

Um grupo de marginais, composto por dez elementos, assaltou há dias uma fábrica de blocos, no município de Viana, onde roubou um milhão de kwanzas e atingiu mortalmente, com vários disparos, um segurança em serviço, Sampaio Capita, de 54 anos de idade.

O caso aconteceu no bairro Bita Mutamba, Distrito Urbano da Vila Flor, tendo o segurança perdido a vida a caminho do hospital, de acordo com a Polícia Nacional.

O gerente da fábrica de blocos, Vingue Johny, de 40 anos, explicou que os marginais, armados com metralhadoras do tipo AKM e pistolas, arrombaram a porta e dispararam contra o segurança na região do abdómen, provocando a sua morte.

 O responsável disse que, além de terem tirado a vida a um cidadão, os amigos do alheio roubaram valores monetários e 12 telemóveis, assim como seis computadores portáteis da fábrica.

Além deste incidente, a Polícia Nacional registou ainda a morte, por disparo de armas de fogo, do cidadão António Agostinho, de 26 anos, protagonizado por três elementos até agora em fuga. O caso ocorreu no Distrito Urbano da Baia, bairro Km 30, quando os meliantes assaltaram a sua residência. 

Ainda no município de Viana, três meliantes que se encontram em fuga assassinaram um jovem por ter resistido ao roubo do seu telemóvel e outros objectos de valor, caso que teve lugar no bairro Km 9, Distrito Urbano da Estalagem, na via pública. O jovem ainda foi socorrido num hospital de Luanda, mas acabou por falecer. 

Já no município do Sambizanga, segundo o Jornal de Angola, a Polícia Nacional registou a morte de Inácio Jovete, de 30 anos de idade, acto praticado supostamente por um amigo, que se encontra em fuga.

De acordo com a corporação, o caso registou-se no bairro da Madeira, no interior de uma residência, quando a vítima convivia com o acusado.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form