Showbiz
Concerto

Kuduro no Bar junta Lambas e Noite & Dia em concerto

Kuduro no Bar junta Lambas e Noite & Dia em concerto
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

O Bar Luandina, na TV Zimbo, apresenta neste domingo, dia 26, pelas 17h00, um live show de Kuduro, que vai reunir Os Lambas e Noite & Dia, que “prometem arrasar as audiências e pôr todos os espectadores cansados de tanto dançarem e cantarem nas suas casas”.

O projecto começou por ser uma iniciativa de responsabilidade social e de cariz anónimo. Iniciou-se com o reencontro dos Lambas, ao fim de oito anos de separação, ainda sem naming, não apenas no sentido de juntar estes grandes nomes do Kuduro, mas também com o intuído de angariar fundos para cestas básicas que iriam fazer face à precariedade e fome de algumas famílias em maiores dificuldades, lembra o comunicado que recebemos.

Quando a Sodiba, empresa que detém a marca Luandina, e a TV Zimbo, se aperceberam que o BAR LUANDINA era o palco certo que os artistas de bar e não só tanto precisam para fazer face às dificuldades que se têm sentido durante este período de confinamento que deitou abaixo tantas agendas, não perderam a oportunidade de oficializar o conceito e trazer aos espectadores o maior número de artistas e géneros musicais, para que estes se mantivessem activos e com fonte de rendimento e também para permitir aos que estão em casa terem acesso aos seus ídolos, sem terem de se aglomerar publicamente, lê-se na nota.

O Bar Luandina tem, acima de tudo, recebido artistas de kizomba, semba e géneros musicais próprios de bar mais clássicos. Não obstante, continua o documento, o desafio de abraçar o kuduro mantém-se vivo para a equipa da Luandina, e também para a TV Zimbo, por perceberem o impacto e a relevância que o  estilo tem tido nos palcos nacionais e internacionais, como 100% angolano que é.

6galeria

Redacção

O Bar Luandina, na TV Zimbo, apresenta neste domingo, dia 26, pelas 17h00, um live show de Kuduro, que vai reunir Os Lambas e Noite & Dia, que “prometem arrasar as audiências e pôr todos os espectadores cansados de tanto dançarem e cantarem nas suas casas”.

O projecto começou por ser uma iniciativa de responsabilidade social e de cariz anónimo. Iniciou-se com o reencontro dos Lambas, ao fim de oito anos de separação, ainda sem naming, não apenas no sentido de juntar estes grandes nomes do Kuduro, mas também com o intuído de angariar fundos para cestas básicas que iriam fazer face à precariedade e fome de algumas famílias em maiores dificuldades, lembra o comunicado que recebemos.

Quando a Sodiba, empresa que detém a marca Luandina, e a TV Zimbo, se aperceberam que o BAR LUANDINA era o palco certo que os artistas de bar e não só tanto precisam para fazer face às dificuldades que se têm sentido durante este período de confinamento que deitou abaixo tantas agendas, não perderam a oportunidade de oficializar o conceito e trazer aos espectadores o maior número de artistas e géneros musicais, para que estes se mantivessem activos e com fonte de rendimento e também para permitir aos que estão em casa terem acesso aos seus ídolos, sem terem de se aglomerar publicamente, lê-se na nota.

O Bar Luandina tem, acima de tudo, recebido artistas de kizomba, semba e géneros musicais próprios de bar mais clássicos. Não obstante, continua o documento, o desafio de abraçar o kuduro mantém-se vivo para a equipa da Luandina, e também para a TV Zimbo, por perceberem o impacto e a relevância que o  estilo tem tido nos palcos nacionais e internacionais, como 100% angolano que é.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form