Desporto
Futebol Internacional

Jornal espanhol divulga factores que afastam Neymar do Barcelona

Jornal espanhol divulga factores que afastam Neymar do Barcelona
Foto por:
vídeo por:
DR

Alegadamente insatisfeito no Paris Saint-Germain, Neymar vai vendo o seu nome associado de forma cada vez mais recorrente a um eventual regresso ao Barcelona, clube do qual saiu no verão de 2017, por uma verba recorde de 222 milhões de euros.

Os próprios jogadores e responsáveis blaugrana já admitiram que veriam com bons olhos a possibilidade de voltar a contar com o internacional brasileiro, mas, esta terça-feira, o jornal espanhol Mundo Deportivo assegura que esta é uma ‘missão impossível’.

Para o sustentar, a publicação alega um total de cinco argumentos. O primeiro de todos está relacionado com a polémica forma como o jogador deixou Camp Nou, garantindo até ao fim que não equacionava deixar o clube quando, ao mesmo tempo, negociava com os campeões franceses.

Diretamente ligado a este motivo está um outro. Aquando da transferência para Paris, o avançado avançou com uma queixa contra os catalães em tribunal, por estes se terem recusado a pagar o prémio de assinatura da renovação assinada um ano antes. Caso esse que prossegue na Justiça.

O jornal lembra, ainda, que o rendimento futebolístico de Neymar durante os quatro anos em que representou o Barcelona “esteve abaixo das expectativas”. Além disso, o clube pagou mais de 100 milhões de euros por Ousmane Dembélé, jogador eleito para o substituir e que agora começa a dar cartas.

A terminar, está a má relação mantida entre ambos os clubes. O contrato do internacional brasileiro não dispõe de qualquer cláusula de rescisão, o que significa que o Barcelona teria de negociar com o PSG. E Nasser Al-Khelaifi, proprietário do conjunto parisiense, não estará muito recetivo a abrir diálogo.






6galeria

Redacção

Alegadamente insatisfeito no Paris Saint-Germain, Neymar vai vendo o seu nome associado de forma cada vez mais recorrente a um eventual regresso ao Barcelona, clube do qual saiu no verão de 2017, por uma verba recorde de 222 milhões de euros.

Os próprios jogadores e responsáveis blaugrana já admitiram que veriam com bons olhos a possibilidade de voltar a contar com o internacional brasileiro, mas, esta terça-feira, o jornal espanhol Mundo Deportivo assegura que esta é uma ‘missão impossível’.

Para o sustentar, a publicação alega um total de cinco argumentos. O primeiro de todos está relacionado com a polémica forma como o jogador deixou Camp Nou, garantindo até ao fim que não equacionava deixar o clube quando, ao mesmo tempo, negociava com os campeões franceses.

Diretamente ligado a este motivo está um outro. Aquando da transferência para Paris, o avançado avançou com uma queixa contra os catalães em tribunal, por estes se terem recusado a pagar o prémio de assinatura da renovação assinada um ano antes. Caso esse que prossegue na Justiça.

O jornal lembra, ainda, que o rendimento futebolístico de Neymar durante os quatro anos em que representou o Barcelona “esteve abaixo das expectativas”. Além disso, o clube pagou mais de 100 milhões de euros por Ousmane Dembélé, jogador eleito para o substituir e que agora começa a dar cartas.

A terminar, está a má relação mantida entre ambos os clubes. O contrato do internacional brasileiro não dispõe de qualquer cláusula de rescisão, o que significa que o Barcelona teria de negociar com o PSG. E Nasser Al-Khelaifi, proprietário do conjunto parisiense, não estará muito recetivo a abrir diálogo.






6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form