Actualidade
Política

João Lourenço promete dar mais atenção à TPA e aos outros órgãos públicos

João Lourenço promete dar mais atenção à TPA e aos outros órgãos públicos
Foto por:
vídeo por:
DR

O Presidente da República prometeu priorizar a TPA e, a seu devido tempo, prestar a mesma atenção aos outros órgãos públicos.

João Lourenço fez esta declaração após constatar, hoje, as condições técnicas e laborais da Televisão Pública de Angola (TPA), no Centro de Produção de Camama, em Luanda, onde esteve reunido, durante 1h30, com os membros do Conselho de Administração daquela estação pública, tendo prometido ainda investimentos para modernizar o espaço.

O investimento tem como objectivo a prestação de um melhor serviço ao público. “Os telespectadores e os trabalhadores da TPA têm que concluir que valeu a pena o Presidente ter visitado estas instalações”, declarou.

A visita do Chefe de Estado angolano ao Centro de Produção da TPA visou encontrar soluções para a situação de carência e exiguidade de meios técnicos que a estação de televisão enfrenta, sendo que a expectativa é que a estação televisiva pública concretize, até ao próximo ano, a migração do sistema analógico para o digital e entre para o sistema de alta definição, conhecido por HD.

Inaugurado em Setembro de 2008, o Centro tem entre os seus objectivos lançar um projecto de ficção para a produção filmes novelas, seriados e documentários. Localizado no distrito Camama, compreende quatro blocos principais que comportam os serviços administrativos, estúdios (400m2), espaço energético, restaurante e serviços similares.

Entre os estúdios, sobressaem três. Um de 400m2, outro de 800m2 e o terceiro de 1.200m2. Actualmente, o centro produz 95 por cento dos conteúdos emitidos pela TPA.

A infra-estrutura ocupa uma área de aproximadamente 210 mil metros quadrados, sendo 14.100m2 correspondentes a área de construção dos blocos, arruamentos e jardinagem.

A segunda fase do projecto prevê a construção de dois estúdios de 600m2 e um condomínio habitacional para os trabalhadores da TPA, apurou a Angop.

6galeria

Redacção

O Presidente da República prometeu priorizar a TPA e, a seu devido tempo, prestar a mesma atenção aos outros órgãos públicos.

João Lourenço fez esta declaração após constatar, hoje, as condições técnicas e laborais da Televisão Pública de Angola (TPA), no Centro de Produção de Camama, em Luanda, onde esteve reunido, durante 1h30, com os membros do Conselho de Administração daquela estação pública, tendo prometido ainda investimentos para modernizar o espaço.

O investimento tem como objectivo a prestação de um melhor serviço ao público. “Os telespectadores e os trabalhadores da TPA têm que concluir que valeu a pena o Presidente ter visitado estas instalações”, declarou.

A visita do Chefe de Estado angolano ao Centro de Produção da TPA visou encontrar soluções para a situação de carência e exiguidade de meios técnicos que a estação de televisão enfrenta, sendo que a expectativa é que a estação televisiva pública concretize, até ao próximo ano, a migração do sistema analógico para o digital e entre para o sistema de alta definição, conhecido por HD.

Inaugurado em Setembro de 2008, o Centro tem entre os seus objectivos lançar um projecto de ficção para a produção filmes novelas, seriados e documentários. Localizado no distrito Camama, compreende quatro blocos principais que comportam os serviços administrativos, estúdios (400m2), espaço energético, restaurante e serviços similares.

Entre os estúdios, sobressaem três. Um de 400m2, outro de 800m2 e o terceiro de 1.200m2. Actualmente, o centro produz 95 por cento dos conteúdos emitidos pela TPA.

A infra-estrutura ocupa uma área de aproximadamente 210 mil metros quadrados, sendo 14.100m2 correspondentes a área de construção dos blocos, arruamentos e jardinagem.

A segunda fase do projecto prevê a construção de dois estúdios de 600m2 e um condomínio habitacional para os trabalhadores da TPA, apurou a Angop.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form