Sociedade
Educação

Inscrições para concurso público na Educação abrem no dia 15

Inscrições para concurso público na Educação abrem no dia 15
Foto por:
vídeo por:
DR

As inscrições para o concurso público do Ministério da Educação, anunciado oficialmente ontem, quinta-feira, em Luanda, terá início no próximo dia 15 deste mês, devendo a partir desta data os candidatos proceder à entrega dos processos nas repartições municipais do sector para preenchimento de um total de 7.500 vagas em todo o país.

O secretário de Estado para o Ensino Pré-Escolar e Primário, Francisco Pacheco, avançou que o processo de entrega dos documentos terá a duração de 20 dias úteis, a contar do dia 15 de Novembro, e frisou que, depois de terminado o período de recepção dos documentos e selecção dos candidatos, vai ser fixado o dia da prova, que deve acontecer na mesma hora, em todo o território nacional.

"Esta medida da marcação de provas serve para evitar que os mesmos candidatos possam se inscrever em várias províncias ou municípios, tal como já aconteceu nos concursos passados. Desta forma, permite-se que vários outros interessados que reúnam os requisitos possam participar", salientou o responsável.

Citado pelo Jornal de Angola, Francisco Pacheco explicou que as vagas vão servir para recrutar educadores de infância, professores do ensino primário e secundário, no sentido de cobrir lacunas deixadas por professores aposentados, falecidos, transferidos para outros postos e os paralisados por questões de saúde.

Além disso, o gestor realçou que devem apenas candidatar-se ao concurso público os que reúnam os requisitos exigidos: formação nas escolas do Magistério Primário e institutos superiores pedagógicos.

Salientou, por outro lado, que o processo terá a duração de cinco meses, a contar do dia 15, data do início do concurso público, para que, a partir de Março de 2022, os aprovados possam ser inseridos nas folhas de salário do Ministério da Educação.

6galeria

Redacção

As inscrições para o concurso público do Ministério da Educação, anunciado oficialmente ontem, quinta-feira, em Luanda, terá início no próximo dia 15 deste mês, devendo a partir desta data os candidatos proceder à entrega dos processos nas repartições municipais do sector para preenchimento de um total de 7.500 vagas em todo o país.

O secretário de Estado para o Ensino Pré-Escolar e Primário, Francisco Pacheco, avançou que o processo de entrega dos documentos terá a duração de 20 dias úteis, a contar do dia 15 de Novembro, e frisou que, depois de terminado o período de recepção dos documentos e selecção dos candidatos, vai ser fixado o dia da prova, que deve acontecer na mesma hora, em todo o território nacional.

"Esta medida da marcação de provas serve para evitar que os mesmos candidatos possam se inscrever em várias províncias ou municípios, tal como já aconteceu nos concursos passados. Desta forma, permite-se que vários outros interessados que reúnam os requisitos possam participar", salientou o responsável.

Citado pelo Jornal de Angola, Francisco Pacheco explicou que as vagas vão servir para recrutar educadores de infância, professores do ensino primário e secundário, no sentido de cobrir lacunas deixadas por professores aposentados, falecidos, transferidos para outros postos e os paralisados por questões de saúde.

Além disso, o gestor realçou que devem apenas candidatar-se ao concurso público os que reúnam os requisitos exigidos: formação nas escolas do Magistério Primário e institutos superiores pedagógicos.

Salientou, por outro lado, que o processo terá a duração de cinco meses, a contar do dia 15, data do início do concurso público, para que, a partir de Março de 2022, os aprovados possam ser inseridos nas folhas de salário do Ministério da Educação.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form