Actualidade
Expansão

IMEX aposta na expansão e inaugura nova fábrica de sacos de ráfia

IMEX aposta na expansão e inaugura nova fábrica de sacos de ráfia
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

A IMEX Indústria, empresa angolana fundada em 2002, inaugurou ontem, no âmbito da sua expansão, uma nova unidade fabril de sacos de ráfia, com um investimento total mais de 10 milhões de dólares, uma estrutura de 8.000 m², com uma produção diária de 250.000 sacos, fazendo face às necessidades do mercado nacional no processo de industrialização do país, pretendendo também exportar para países do continente africano.

De acordo com a nota que recebemos, a empresa iniciou a produção de sacos de ráfia em 2018, durante a fase 1, de modo convencional, personalizados para os mais diversos segmentos. Na segunda fase, a Imex aumentou a sua capacidade de produção para o dobro e, já na fase 3, triplicará a capacidade de produção com novas máquinas, novas contratações e com o lançamento de novos produtos, dos quais se destacam sacos laminados impressos, sacos BOPP para detergentes, sacos de cimento, sacos leno para batata e cebola e sacos com película de plástico.

Estes produtos, segundo o documento, terão capacidade de 10Kg, 15Kg, 20 Kg, 25Kg, 50Kg e 150Kg, e poderão ser usados para carvão, farinha, trigo, arroz, vegetais e feijão.

Ramzi El Houchaimi, director-geral da Imex, declara que esta expansão insere-se no âmbito da estratégia de crescimento do grupo que, para o próximo ano, prevê inaugurar também uma linha de montagem de electrodomésticos das marcas internacionais Beko e Defy.

Localizado na estrada de Catete, KM 38, município de Icolo e Bengo, o grupo Imex, actualmente, possui no seu quadro 450 funcionários, e nesta nova fase irá criar mais de 200 novos postos de trabalho, sendo estes 190 locais e 10 expatriados.

Com um programa de formação e treinamento contínuo, a empresa acredita e investe na valorização do seu pessoal. Desde a sua fundação, em 2002, a companhia investiu em Angola o total de 25 milhões de dólares e conta com uma área total construída de mais de 30.000 m², refere a nota.

6galeria

Redacção

A IMEX Indústria, empresa angolana fundada em 2002, inaugurou ontem, no âmbito da sua expansão, uma nova unidade fabril de sacos de ráfia, com um investimento total mais de 10 milhões de dólares, uma estrutura de 8.000 m², com uma produção diária de 250.000 sacos, fazendo face às necessidades do mercado nacional no processo de industrialização do país, pretendendo também exportar para países do continente africano.

De acordo com a nota que recebemos, a empresa iniciou a produção de sacos de ráfia em 2018, durante a fase 1, de modo convencional, personalizados para os mais diversos segmentos. Na segunda fase, a Imex aumentou a sua capacidade de produção para o dobro e, já na fase 3, triplicará a capacidade de produção com novas máquinas, novas contratações e com o lançamento de novos produtos, dos quais se destacam sacos laminados impressos, sacos BOPP para detergentes, sacos de cimento, sacos leno para batata e cebola e sacos com película de plástico.

Estes produtos, segundo o documento, terão capacidade de 10Kg, 15Kg, 20 Kg, 25Kg, 50Kg e 150Kg, e poderão ser usados para carvão, farinha, trigo, arroz, vegetais e feijão.

Ramzi El Houchaimi, director-geral da Imex, declara que esta expansão insere-se no âmbito da estratégia de crescimento do grupo que, para o próximo ano, prevê inaugurar também uma linha de montagem de electrodomésticos das marcas internacionais Beko e Defy.

Localizado na estrada de Catete, KM 38, município de Icolo e Bengo, o grupo Imex, actualmente, possui no seu quadro 450 funcionários, e nesta nova fase irá criar mais de 200 novos postos de trabalho, sendo estes 190 locais e 10 expatriados.

Com um programa de formação e treinamento contínuo, a empresa acredita e investe na valorização do seu pessoal. Desde a sua fundação, em 2002, a companhia investiu em Angola o total de 25 milhões de dólares e conta com uma área total construída de mais de 30.000 m², refere a nota.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form