Actualidade
Tecnologia

Huambo quer ser potência em tecnologias de informação

Huambo quer ser potência em tecnologias de informação
Foto por:
vídeo por:
DR

A governadora da província do Huambo, Joana Lina, desafiou neste sábado, naquela localidade, as empresas locais do ramo das tecnologias de informação e comunicação a trabalharem, de forma conjunta, na criação de condições materiais, para transformar o planalto central numa das maiores potências do país.

Segundo a governante, que intervinha na Feira Tecnológica, promovida pelo Gabinete de Registos e Organização Administrativa, em alusão ao Dia Mundial da Internet, assinalada a 18 deste Maio, um dos principais desafios deve ser a sensibilização da população para ganhar hábitos de utilização das tecnologias de informação, de forma correcta e proveitosa.

A cidade do Huambo, capital da província, conta desde  Abril de 2018 com três pontos de acesso gratuito de  internet, instalados pelo Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, no âmbito da implantação no país do projecto "Angola On-line".

Neste sentido, Joana Lima lembrou que “a internet é hoje uma faca de dois gumes, com grande capacidade para, num simples clique, espalhar notícias em tempo real, mas pode, também, a mesma velocidade ferir pessoas singulares ou colectivas”.

Nesta perspectiva, disse que o evento deve constituir  uma oportunidade para as empresas  do ramo implementarem novas estratégias de atracção de investimentos, pois a utilização correcta exige treinamento constante e um interesse abnegado para responder as necessidades sociais e tecnológicas, impostas pela dinâmica actual que traduz o mundo numa “aldeia global”.

6galeria

Redacção

A governadora da província do Huambo, Joana Lina, desafiou neste sábado, naquela localidade, as empresas locais do ramo das tecnologias de informação e comunicação a trabalharem, de forma conjunta, na criação de condições materiais, para transformar o planalto central numa das maiores potências do país.

Segundo a governante, que intervinha na Feira Tecnológica, promovida pelo Gabinete de Registos e Organização Administrativa, em alusão ao Dia Mundial da Internet, assinalada a 18 deste Maio, um dos principais desafios deve ser a sensibilização da população para ganhar hábitos de utilização das tecnologias de informação, de forma correcta e proveitosa.

A cidade do Huambo, capital da província, conta desde  Abril de 2018 com três pontos de acesso gratuito de  internet, instalados pelo Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, no âmbito da implantação no país do projecto "Angola On-line".

Neste sentido, Joana Lima lembrou que “a internet é hoje uma faca de dois gumes, com grande capacidade para, num simples clique, espalhar notícias em tempo real, mas pode, também, a mesma velocidade ferir pessoas singulares ou colectivas”.

Nesta perspectiva, disse que o evento deve constituir  uma oportunidade para as empresas  do ramo implementarem novas estratégias de atracção de investimentos, pois a utilização correcta exige treinamento constante e um interesse abnegado para responder as necessidades sociais e tecnológicas, impostas pela dinâmica actual que traduz o mundo numa “aldeia global”.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form