Desporto
Girabola

Hélder Teixeira voltou ao Progresso

Hélder Teixeira voltou ao Progresso
Foto por:
vídeo por:
DR

A direcção do Progresso do Sambizanga recuou a decisão, depois de dispensar o técnico Hélder Teixeira, a 27 de Novembro do ano passado,  por alegada falta de condições financeiras para os compromissos assumidos, tendo chamado o treinador regressar ao comando da equipa, presidida por Paixão Júnior.

O técnico chegou a Luanda nesta quarta-feira, vindo da província do Huambo, onde tem residência e juntou-se já ao grupo de trabalho e orientou a primeira sessão no Estádio dos Coqueiros, de acordo com o Jornal dos Desportos.

O treinador deixou o clube na terceira jornada, após o jogo com Recreativo da Caála, a quem vencer  por 3-1, agora regressa para orientar na 10ª jornada com o ASA.

O responsável fora substituído no cargo pelo técnico da equipa B, Guilherme de Sousa “Matateu”.   Na altura, o vice - presidente do Clube, Manuel Dias dos Santos, justificou a dispensa sob a alegação de dificuldades financeiras com que o clube se debatia.

Face à incapacidade momentânea de satisfazer as necessidades do treinador, foi tomada uma decisão de consenso, em beneficio das partes, sobretudo, por que a competência e o profissionalismo de Hélder Teixeira não estavam em causa. 

Apesar da situação, que também afecta alguns jogadores e outros integrantes do clube, a direcção garante continuar a trabalhar, arduamente, no sentido de resolver os problemas financeiros que afectam o grupo, particularmente, para  terminar a greve desencadeada desde o dia 30 de Novembro. 

Na edição passada, os “Sambilas”, sob comando do técnico, ocuparam a 13ª posição com 30 pontos.

 

6galeria

Redacção

A direcção do Progresso do Sambizanga recuou a decisão, depois de dispensar o técnico Hélder Teixeira, a 27 de Novembro do ano passado,  por alegada falta de condições financeiras para os compromissos assumidos, tendo chamado o treinador regressar ao comando da equipa, presidida por Paixão Júnior.

O técnico chegou a Luanda nesta quarta-feira, vindo da província do Huambo, onde tem residência e juntou-se já ao grupo de trabalho e orientou a primeira sessão no Estádio dos Coqueiros, de acordo com o Jornal dos Desportos.

O treinador deixou o clube na terceira jornada, após o jogo com Recreativo da Caála, a quem vencer  por 3-1, agora regressa para orientar na 10ª jornada com o ASA.

O responsável fora substituído no cargo pelo técnico da equipa B, Guilherme de Sousa “Matateu”.   Na altura, o vice - presidente do Clube, Manuel Dias dos Santos, justificou a dispensa sob a alegação de dificuldades financeiras com que o clube se debatia.

Face à incapacidade momentânea de satisfazer as necessidades do treinador, foi tomada uma decisão de consenso, em beneficio das partes, sobretudo, por que a competência e o profissionalismo de Hélder Teixeira não estavam em causa. 

Apesar da situação, que também afecta alguns jogadores e outros integrantes do clube, a direcção garante continuar a trabalhar, arduamente, no sentido de resolver os problemas financeiros que afectam o grupo, particularmente, para  terminar a greve desencadeada desde o dia 30 de Novembro. 

Na edição passada, os “Sambilas”, sob comando do técnico, ocuparam a 13ª posição com 30 pontos.

 

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form