Arte e Cultura
Cinema

Filme “Lulu femme nue” reabre Sextas de Cinema da Aliança Francesa

Filme “Lulu femme nue” reabre Sextas de Cinema da Aliança Francesa
Foto por:
vídeo por:
DR

“Lulu femme nue” é o filme que vai marcar o regresso das Sextas de Cinema na Mediateca de Luanda, uma iniciativa da Aliança Francesa de Luanda, em parceria daquela instituição.

O objectivo deste projecto é fazer descobrir gratuitamente o melhor dos filmes franceses e francófonos a um público abrangente, numa perspectiva de intercâmbio cultural.

As obras cinematográficas de Solveig Anspach, dentre elas “Lulu femme nue”, que estreia nesta quinta-feira, dia 25, às 17h, com exibição gratuita e legendado em português, abrem com chave de ouro o 1º ciclo das Sextas de cinema do ano 2019, ciclo este ciclo que contará ainda com a exibição dos filmes “Queen of Montreuil” e “L’effet aquatique”.

Após uma entrevista de emprego mal sucedida, Lulu decide não voltar para casa, deixando o marido e os filhos à sua espera. Ela não tem nada planeado e dá-se alguns dias de liberdade, aproveitando plenamente o que vier no seu caminho. Assim, ela conhece pessoas que também estão na beira do mundo e acaba por encontrar alguém que perdeu de vista há muito tempo: ela mesma, lê-se na sinopse do filme.

Nesta adaptação poética do ‘comic’ “Lulu femme nue” (Lulu nua e crua), a actriz Karin Viard e a cineasta Solveig Anspach, citadas no comunicado que recebemos, colaboram pela última vez.

A obra atraiu meio milhão de espectadores e ganhou o César de melhor adaptação, de acordo com o documento.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

“Lulu femme nue” é o filme que vai marcar o regresso das Sextas de Cinema na Mediateca de Luanda, uma iniciativa da Aliança Francesa de Luanda, em parceria daquela instituição.

O objectivo deste projecto é fazer descobrir gratuitamente o melhor dos filmes franceses e francófonos a um público abrangente, numa perspectiva de intercâmbio cultural.

As obras cinematográficas de Solveig Anspach, dentre elas “Lulu femme nue”, que estreia nesta quinta-feira, dia 25, às 17h, com exibição gratuita e legendado em português, abrem com chave de ouro o 1º ciclo das Sextas de cinema do ano 2019, ciclo este ciclo que contará ainda com a exibição dos filmes “Queen of Montreuil” e “L’effet aquatique”.

Após uma entrevista de emprego mal sucedida, Lulu decide não voltar para casa, deixando o marido e os filhos à sua espera. Ela não tem nada planeado e dá-se alguns dias de liberdade, aproveitando plenamente o que vier no seu caminho. Assim, ela conhece pessoas que também estão na beira do mundo e acaba por encontrar alguém que perdeu de vista há muito tempo: ela mesma, lê-se na sinopse do filme.

Nesta adaptação poética do ‘comic’ “Lulu femme nue” (Lulu nua e crua), a actriz Karin Viard e a cineasta Solveig Anspach, citadas no comunicado que recebemos, colaboram pela última vez.

A obra atraiu meio milhão de espectadores e ganhou o César de melhor adaptação, de acordo com o documento.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form