Arte e Cultura
Cinema

Filme “Ar Condicionado” tem estreia marcada no Zap Cinemas

Filme “Ar Condicionado” tem estreia marcada no Zap Cinemas
Foto por:
vídeo por:
DR

O filme “Ar Condicionado”, primeira longa-metragem de ficção realizada por Fradique e com produção da Geração 80, será exibido em Angola, com estreia nacional nos cinemas ZAP, durante o presente mês.

A obra estará em cartaz nos dias 12, 13 e 15 no espaço Drive IN, um conceito de cinema ao ar livre que se adapta às novas medidas de segurança devido à pandemia da Covid-19.

Nomeado para Melhor Longa Metragem de Ficção na 29ª edição do International Film Festival Innsbruck (Áustria), “Ar Condicionado” venceu o prémio numa escolha unânime do júri, composto por Doris Posch, Tanja Hladnik e Sigrid Gruber, lembra o comunicado enviado ao ONgoma News.

A 26 de Novembro, o filme estreia-se em Portugal no Porto/Post/Doc: Film & Media Festival, que acontece na cidade do Porto. Incluído na selecção oficial do festival, a película está ainda nomeada para o prémio de melhor filme na categoria Cinema Falado, dedicada exclusivamente ao cinema falado em português, uma secção competitiva que apresenta um conjunto de curtas e longas-metragens recentes e visa promover e divulgar a língua portuguesa em toda a sua diversidade, bem como as cinematografias dos vários países de língua portuguesa.

Durante o mês de Novembro, a obra será exibida em mais 3 festivais de cinema, nomeadamente, Afrikamera Film Festival Berlin (Alemanha, 17 a 22 de Nov.), African Studies Assosiation (Estados Unidos da America, 19 a 21 Nov.) e Crossing the Screen Film Festival (Reino Unido, 26 a 29 Nov.).

Até ao momento o filme já foi galardoado em dois festivais de cinema internacional com os prémios de Melhor Longa Metragem de Ficção no International Film Festival Innsbruck 2020 (Áustria) e Melhor Filme no Imagine Science Film Festival 2020 (Estados Unidos de America).

Escrito, produzido, filmado e editado integralmente em Angola, “Ar Condicionado” nasce da urgência de se fazer mais cinema de ficção em Angola, reafirmando o compromisso da Geração 80 com o cinema independente de autor e relembrando que o cinema em Angola está vivo, como refere a produtora no comunicado.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

O filme “Ar Condicionado”, primeira longa-metragem de ficção realizada por Fradique e com produção da Geração 80, será exibido em Angola, com estreia nacional nos cinemas ZAP, durante o presente mês.

A obra estará em cartaz nos dias 12, 13 e 15 no espaço Drive IN, um conceito de cinema ao ar livre que se adapta às novas medidas de segurança devido à pandemia da Covid-19.

Nomeado para Melhor Longa Metragem de Ficção na 29ª edição do International Film Festival Innsbruck (Áustria), “Ar Condicionado” venceu o prémio numa escolha unânime do júri, composto por Doris Posch, Tanja Hladnik e Sigrid Gruber, lembra o comunicado enviado ao ONgoma News.

A 26 de Novembro, o filme estreia-se em Portugal no Porto/Post/Doc: Film & Media Festival, que acontece na cidade do Porto. Incluído na selecção oficial do festival, a película está ainda nomeada para o prémio de melhor filme na categoria Cinema Falado, dedicada exclusivamente ao cinema falado em português, uma secção competitiva que apresenta um conjunto de curtas e longas-metragens recentes e visa promover e divulgar a língua portuguesa em toda a sua diversidade, bem como as cinematografias dos vários países de língua portuguesa.

Durante o mês de Novembro, a obra será exibida em mais 3 festivais de cinema, nomeadamente, Afrikamera Film Festival Berlin (Alemanha, 17 a 22 de Nov.), African Studies Assosiation (Estados Unidos da America, 19 a 21 Nov.) e Crossing the Screen Film Festival (Reino Unido, 26 a 29 Nov.).

Até ao momento o filme já foi galardoado em dois festivais de cinema internacional com os prémios de Melhor Longa Metragem de Ficção no International Film Festival Innsbruck 2020 (Áustria) e Melhor Filme no Imagine Science Film Festival 2020 (Estados Unidos de America).

Escrito, produzido, filmado e editado integralmente em Angola, “Ar Condicionado” nasce da urgência de se fazer mais cinema de ficção em Angola, reafirmando o compromisso da Geração 80 com o cinema independente de autor e relembrando que o cinema em Angola está vivo, como refere a produtora no comunicado.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form