Actualidade
Economia

FILDA 2019 com 22 países confirmados

FILDA 2019 com 22 países confirmados
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

O Ministério da Economia e Planeamento e a Eventos Arena realizam, de 09 a 13 de Julho próximo, a 35ª edição da Feira Internacional de Luanda, a ter lugar no habitual espaço de exposições da Zona Económica Especial Luanda-Bengo (ZEE), sob o lema “Dinamizar o sector privado e promover o crescimento económico”.

Este ano a FILDA vai ser realizada num espaço útil de 20 mil metros quadrados, que irá albergar as 750 empresas inscritas, entre nacionais e estrangeiras.

O certame de grande projecção internacional, que tem sido, ao longo de mais de 35 anos, considerado uma das maiores portas de entrada de investimento directo estrangeiro, bem como uma das principais alavancas de promoção do nosso país e da nossa produção nacional, conta a participação de 22 países, entre eles Portugal, Alemanha, Indonésia, Turquia, França, Índia, China, Reino Unido, Noruega, Suécia, Suíça, Israel, Brasil, Japão, Bielorrússia, Uruguai, Macau, Itália, África do Sul, Holanda e Estados Unidos da América.

A FILDA é inequivocamente o maior evento multi-sectorial de exposição e negócios de Angola, constituindo um reflexo directo da evolução e desenvolvimento empresarial e sócio-economico do país, refere o comunicado da organização, que com esta edição pretende reforçar a atractividade de Angola no panorama mundial, estimular parcerias e sinergias entre os empresários nacionais e internacionais, assim como contribuir para uma Angola auto-suficiente e transportadora.

Perspectiva-se igualmente um nível de participação dos sectores predominantes como comércio geral, indústria alimentar, construção e decoração de interiores e transporte e logística.

Nesta edição, lê-se no comunicado, estima-se alcançar os 17.000 mil visitantes em comparação aos 10.500 do ano de 2018, e com vista para o incremento ao emprego, a Eventos Arena criou uma bolsa de emprego onde os interessados poderão enviar os seus Curriculum Vitae, e que serão estes encaminhados aos expositores mediante necessidade de recrutamento para trabalho temporário ou não.

Recorde-se que a FILDA é um evento multissectorial de exposição e negócios, que junta, anualmente, empreendedores nacionais e estrangeiros numa plataforma multidimensional que propicia o estabelecimento de contactos e relações comerciais.

Os bilhetes estarão a venda no local do evento ao preço de 2 mil kwanzas, e a exposição estará aberta das 10h00 às 18h00, durante os cinco dias do certame. 

6galeria

Redacção

O Ministério da Economia e Planeamento e a Eventos Arena realizam, de 09 a 13 de Julho próximo, a 35ª edição da Feira Internacional de Luanda, a ter lugar no habitual espaço de exposições da Zona Económica Especial Luanda-Bengo (ZEE), sob o lema “Dinamizar o sector privado e promover o crescimento económico”.

Este ano a FILDA vai ser realizada num espaço útil de 20 mil metros quadrados, que irá albergar as 750 empresas inscritas, entre nacionais e estrangeiras.

O certame de grande projecção internacional, que tem sido, ao longo de mais de 35 anos, considerado uma das maiores portas de entrada de investimento directo estrangeiro, bem como uma das principais alavancas de promoção do nosso país e da nossa produção nacional, conta a participação de 22 países, entre eles Portugal, Alemanha, Indonésia, Turquia, França, Índia, China, Reino Unido, Noruega, Suécia, Suíça, Israel, Brasil, Japão, Bielorrússia, Uruguai, Macau, Itália, África do Sul, Holanda e Estados Unidos da América.

A FILDA é inequivocamente o maior evento multi-sectorial de exposição e negócios de Angola, constituindo um reflexo directo da evolução e desenvolvimento empresarial e sócio-economico do país, refere o comunicado da organização, que com esta edição pretende reforçar a atractividade de Angola no panorama mundial, estimular parcerias e sinergias entre os empresários nacionais e internacionais, assim como contribuir para uma Angola auto-suficiente e transportadora.

Perspectiva-se igualmente um nível de participação dos sectores predominantes como comércio geral, indústria alimentar, construção e decoração de interiores e transporte e logística.

Nesta edição, lê-se no comunicado, estima-se alcançar os 17.000 mil visitantes em comparação aos 10.500 do ano de 2018, e com vista para o incremento ao emprego, a Eventos Arena criou uma bolsa de emprego onde os interessados poderão enviar os seus Curriculum Vitae, e que serão estes encaminhados aos expositores mediante necessidade de recrutamento para trabalho temporário ou não.

Recorde-se que a FILDA é um evento multissectorial de exposição e negócios, que junta, anualmente, empreendedores nacionais e estrangeiros numa plataforma multidimensional que propicia o estabelecimento de contactos e relações comerciais.

Os bilhetes estarão a venda no local do evento ao preço de 2 mil kwanzas, e a exposição estará aberta das 10h00 às 18h00, durante os cinco dias do certame. 

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form