Desporto
Prémio

FABOXE atribui prémios para celebrar a modalidade

FABOXE atribui prémios para celebrar a modalidade
Foto por:
vídeo por:
DR

A Federação Angolana de Boxe (FABOXE) vai atribuir onze categorias de prémios, no próximo dia 24 deste mês, pelas 10 horas, no Anfiteatro Paulo Bunze, no Complexo da Cidadela, em Luanda, dentro das festividades do dia internacional da modalidade, assinalado a 22 de Julho.

O facto foi revelado nesta quarta-feira pelo presidente da federação, Carlos Luís, que avançou que a cerimónia de distinção de pugilistas nacionais cumpre orientação da Associação Internacional de Boxe (AIBA), com conhecimento da Confederação Africana de Boxe (AFBC).

33 pugilistas, em ambos sexos, concorrem aos troféus de melhores atletas feminino (Sub-20 e sénior), treinador masculino (Sub-20 e sénior), treinador “Fair Play”, árbitro-juiz, cutman (elemento que auxilia na preparação do pugilista antes de entrar ao ringue), escola de boxe e projecto inovador, disse o responsável ao Jornal de Angola.

Para melhores pugilistas, foram então nomeados Suzana da Conceição, Glória de Deus, Liliana André, Pedro Mafisi, Nafital Afonso Goma, Pedro Gomes, Jack Timóteo, José Carlos dos Santos, Adriano Kiana, Elisa Macolo, Libanzilua Pedro e Bela da Silva.

Nelson Venâncio, Conceição Manaça e Valter Gonçalves receberam nomeações para melhor árbitro-juiz, enquanto Geovanis Pimentel, Eugénio Gourgel e Romário Tihana são os candidatos ao troféu de melhor cutman.

Para melhor escola, competem Interclube, Sporting de Cabinda e Bulls Big de Luanda, ao passo que Águias de Luanda, Tony's Team e Sporting de Cabinda disputam a distinção de projecto inovador.

A FABOXE indicou, no final do mês de Julho, uma comissão técnica para eleger onze vencedores dos prémios, esta que é constituída pelo director técnico nacional, Garcia José dos Santos, Manchin Rene Aguero (treinador da Selecção Nacional) e Armando Narciso (jornalista).

6galeria

Redacção

A Federação Angolana de Boxe (FABOXE) vai atribuir onze categorias de prémios, no próximo dia 24 deste mês, pelas 10 horas, no Anfiteatro Paulo Bunze, no Complexo da Cidadela, em Luanda, dentro das festividades do dia internacional da modalidade, assinalado a 22 de Julho.

O facto foi revelado nesta quarta-feira pelo presidente da federação, Carlos Luís, que avançou que a cerimónia de distinção de pugilistas nacionais cumpre orientação da Associação Internacional de Boxe (AIBA), com conhecimento da Confederação Africana de Boxe (AFBC).

33 pugilistas, em ambos sexos, concorrem aos troféus de melhores atletas feminino (Sub-20 e sénior), treinador masculino (Sub-20 e sénior), treinador “Fair Play”, árbitro-juiz, cutman (elemento que auxilia na preparação do pugilista antes de entrar ao ringue), escola de boxe e projecto inovador, disse o responsável ao Jornal de Angola.

Para melhores pugilistas, foram então nomeados Suzana da Conceição, Glória de Deus, Liliana André, Pedro Mafisi, Nafital Afonso Goma, Pedro Gomes, Jack Timóteo, José Carlos dos Santos, Adriano Kiana, Elisa Macolo, Libanzilua Pedro e Bela da Silva.

Nelson Venâncio, Conceição Manaça e Valter Gonçalves receberam nomeações para melhor árbitro-juiz, enquanto Geovanis Pimentel, Eugénio Gourgel e Romário Tihana são os candidatos ao troféu de melhor cutman.

Para melhor escola, competem Interclube, Sporting de Cabinda e Bulls Big de Luanda, ao passo que Águias de Luanda, Tony's Team e Sporting de Cabinda disputam a distinção de projecto inovador.

A FABOXE indicou, no final do mês de Julho, uma comissão técnica para eleger onze vencedores dos prémios, esta que é constituída pelo director técnico nacional, Garcia José dos Santos, Manchin Rene Aguero (treinador da Selecção Nacional) e Armando Narciso (jornalista).

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form