Showbiz
Angola Music Awards

Expectativas em alta para a quinta edição da gala que celebra a música angolana

Expectativas em alta para a quinta edição da gala que celebra a música angolana
Foto por:
vídeo por:
Osvaldo da Silva

Falta apenas um dia para quinta edição da gala premiação do Angola Music Awards, que acontece amanhã, dia 17 de Junho, no Pavilhão Multiusos Hermarc Arena, adjacente à centralidade do Kilamba.

Em entrevista ao ONgoma News, Cyla Mendes, membro da organização, garantiu que estão todas as condições criadas para o evento de amanhã que reserva muitas novidades para os amantes da música.

“Para este temos muitas novidades, desde o acréscimo de novas categorias como, a ‘Melhor Colaboração’, ‘Melhor Música Moderna’ e ‘Artista Internet’. No que diz respeito às votações, também houve mudança, pois ocorreram duas fases de votação, sendo que a primeira consistiu na eliminatória em 3 categorias, nomeadamente ‘Melhor Kuduro’, ‘Melhor Afro-House’ e ‘Melhor Rap e Hip-Hop’, de modo que cada categoria tivesse apenas 5 nomeados. E depois tivemos a segunda fase, que terminou no dia 11 de Junho”, esclareceu a responsável.

Sobre a gala de amanhã, Cyla Mendes informou que o evento começará com uma actuação gospel, diferenciando-se, deste modo, as quatro edições anteriores.
Cyla Mendes, membro da organização do AMA - Foto: Andrade Lino

Entretanto, recorde-se que as votações para a categoria “Música Mais Popular do Ano” terminaram apenas ontem, dia 15, às 18 horas. Durante aproximadamente 40 dias, decorreu no site do AMA e no Facebook  da organização a segunda fase das votações nas 23 Categorias que compõem a quinta edição do concurso, nas quais concorreram vários artistas angolanos, devidamente inscritos e nomeados para o efeito. 

Sobre a gala de amanhã, Cyla Mendes informou que o evento começará com uma actuação gospel, diferenciando-se, deste modo, as quatro edições anteriores. “Temos expectactivas muito boas. Embora tenhamos passado por algumas dificuldades para  organizar o concurso, esperamos dar ao público um espectáculo de qualidade, manter a tradição da marca e fazer a festa da música angolana com um ‘gostinho’ diferente”, prometeu Cyla Mendes.

Questionada sobre o momento mais alto que a organização já viveu desde a criação do concurso, Cyla Mentes não hesitou em dizer que foi a primeira gala, pois não esperavam que o público aderisse em massa. “Muita gente ainda não acreditava que daria certo, mas deu certo”, lembrou.

Este ano a organização conta também com novos parceiros, como a Delta Q, a Global Seguros, HCTA e  a Wammo.

Os ingressos para assistir ao evento estão disponíveis nas Lojas ZAP do Belas Shopping, Kilamba, Maianga, Loja WAMMO no Shopping Avenida e Óscar Ribas, Discoteca Valódia, STROMP e no local da gala. 

Música angolana na era digital

A organização do Angola Music Awards promoveu ontem, dia 15, no Pavilhão Helmarc Arena, um workshop e debate sobre a música angolana na arena digital.

O encontro aconteceu em parceria com a editora espanhola multinacional Altafonte Digital, e serão abordados alguns dos temas e desafios mais importantes que música angolana enfrenta na era digital.

Tratando-se de uma formação genérica e indicada a quem se inicia na edição fonográfica, o workshop sobre a “Distribuição Digital: como maximizar as receitas nas plataformas digitais e a música angolana e os desafios da era digital”, foi destinado ao público em geral, nomeadamente a todos os que pretendam editar um disco ou pensem criar a sua editora, mas que têm dúvidas sobre os passos a tomar.

“Num mundo global, onde a oferta é imensa, não é fácil compreender todas as implicações da distribuição digital. Deste modo, é muito importante definir qual a melhor estratégia de divulgação das obras musicais, utilizando as redes sociais e outros meios digitais ao nosso dispor, e sabendo que estamos numa época em que o consumo de música em formato digital já ultrapassou o formato físico, é imprescindível planificar a edição digital da nossa música, por forma a garantir uma rentabilização efectiva deste conteúdo, maximizando, assim, as nossas receitas”, lê-se no comunicado.

6galeria

Redacção

Falta apenas um dia para quinta edição da gala premiação do Angola Music Awards, que acontece amanhã, dia 17 de Junho, no Pavilhão Multiusos Hermarc Arena, adjacente à centralidade do Kilamba.

Em entrevista ao ONgoma News, Cyla Mendes, membro da organização, garantiu que estão todas as condições criadas para o evento de amanhã que reserva muitas novidades para os amantes da música.

“Para este temos muitas novidades, desde o acréscimo de novas categorias como, a ‘Melhor Colaboração’, ‘Melhor Música Moderna’ e ‘Artista Internet’. No que diz respeito às votações, também houve mudança, pois ocorreram duas fases de votação, sendo que a primeira consistiu na eliminatória em 3 categorias, nomeadamente ‘Melhor Kuduro’, ‘Melhor Afro-House’ e ‘Melhor Rap e Hip-Hop’, de modo que cada categoria tivesse apenas 5 nomeados. E depois tivemos a segunda fase, que terminou no dia 11 de Junho”, esclareceu a responsável.

Sobre a gala de amanhã, Cyla Mendes informou que o evento começará com uma actuação gospel, diferenciando-se, deste modo, as quatro edições anteriores.
Cyla Mendes, membro da organização do AMA - Foto: Andrade Lino

Entretanto, recorde-se que as votações para a categoria “Música Mais Popular do Ano” terminaram apenas ontem, dia 15, às 18 horas. Durante aproximadamente 40 dias, decorreu no site do AMA e no Facebook  da organização a segunda fase das votações nas 23 Categorias que compõem a quinta edição do concurso, nas quais concorreram vários artistas angolanos, devidamente inscritos e nomeados para o efeito. 

Sobre a gala de amanhã, Cyla Mendes informou que o evento começará com uma actuação gospel, diferenciando-se, deste modo, as quatro edições anteriores. “Temos expectactivas muito boas. Embora tenhamos passado por algumas dificuldades para  organizar o concurso, esperamos dar ao público um espectáculo de qualidade, manter a tradição da marca e fazer a festa da música angolana com um ‘gostinho’ diferente”, prometeu Cyla Mendes.

Questionada sobre o momento mais alto que a organização já viveu desde a criação do concurso, Cyla Mentes não hesitou em dizer que foi a primeira gala, pois não esperavam que o público aderisse em massa. “Muita gente ainda não acreditava que daria certo, mas deu certo”, lembrou.

Este ano a organização conta também com novos parceiros, como a Delta Q, a Global Seguros, HCTA e  a Wammo.

Os ingressos para assistir ao evento estão disponíveis nas Lojas ZAP do Belas Shopping, Kilamba, Maianga, Loja WAMMO no Shopping Avenida e Óscar Ribas, Discoteca Valódia, STROMP e no local da gala. 

Música angolana na era digital

A organização do Angola Music Awards promoveu ontem, dia 15, no Pavilhão Helmarc Arena, um workshop e debate sobre a música angolana na arena digital.

O encontro aconteceu em parceria com a editora espanhola multinacional Altafonte Digital, e serão abordados alguns dos temas e desafios mais importantes que música angolana enfrenta na era digital.

Tratando-se de uma formação genérica e indicada a quem se inicia na edição fonográfica, o workshop sobre a “Distribuição Digital: como maximizar as receitas nas plataformas digitais e a música angolana e os desafios da era digital”, foi destinado ao público em geral, nomeadamente a todos os que pretendam editar um disco ou pensem criar a sua editora, mas que têm dúvidas sobre os passos a tomar.

“Num mundo global, onde a oferta é imensa, não é fácil compreender todas as implicações da distribuição digital. Deste modo, é muito importante definir qual a melhor estratégia de divulgação das obras musicais, utilizando as redes sociais e outros meios digitais ao nosso dispor, e sabendo que estamos numa época em que o consumo de música em formato digital já ultrapassou o formato físico, é imprescindível planificar a edição digital da nossa música, por forma a garantir uma rentabilização efectiva deste conteúdo, maximizando, assim, as nossas receitas”, lê-se no comunicado.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form