Actualidade
Política

Eugénio Laborinho intensifica alerta para a segurança na fronteira Angola/Namíbia

Eugénio Laborinho intensifica alerta para a segurança na fronteira Angola/Namíbia
Foto por:
vídeo por:
DR

O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, alertou ontem, em Ondjiva, província do Cunene, para a necessidade de intensificação das acções de segurança na fronteira Angola/Namíbia, a fim de se garantir a sua inviolabilidade.

O que governante, que falou por ocasião da apresentação do novo delegado da Polícia Nacional no Cunene, António Leitão Ribeiro, sublinhou que o momento de paz que o país vive atrai muitos nacionais dos Estados vizinhos para Angola.

Segundo a Angop, o ministro afirmou que essa razão faz com que se redobre a atenção dos órgãos de segurança ao longo da fronteira, devendo-se aumentar as acções de patrulhamento.

“É necessário que os integrantes dos Serviços de Migração Estrangeiros e da Polícia de Guarda-Fronteira estejam disponíveis para manter a inviolabilidade da fronteira e combater a criminalidade”, advertiu Eugénio Laborinho.

Na sua óptica, com as alterações no mundo motivadas pela pandemia COVID-19, o efectivo do Interior é chamado a reforçar as medidas de segurança, em cumprimento das disposições do Decreto Presidencial Legislativo provisório em relação ao encerramento das fronteiras.

6galeria

Redacção

O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, alertou ontem, em Ondjiva, província do Cunene, para a necessidade de intensificação das acções de segurança na fronteira Angola/Namíbia, a fim de se garantir a sua inviolabilidade.

O que governante, que falou por ocasião da apresentação do novo delegado da Polícia Nacional no Cunene, António Leitão Ribeiro, sublinhou que o momento de paz que o país vive atrai muitos nacionais dos Estados vizinhos para Angola.

Segundo a Angop, o ministro afirmou que essa razão faz com que se redobre a atenção dos órgãos de segurança ao longo da fronteira, devendo-se aumentar as acções de patrulhamento.

“É necessário que os integrantes dos Serviços de Migração Estrangeiros e da Polícia de Guarda-Fronteira estejam disponíveis para manter a inviolabilidade da fronteira e combater a criminalidade”, advertiu Eugénio Laborinho.

Na sua óptica, com as alterações no mundo motivadas pela pandemia COVID-19, o efectivo do Interior é chamado a reforçar as medidas de segurança, em cumprimento das disposições do Decreto Presidencial Legislativo provisório em relação ao encerramento das fronteiras.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form