Sociedade
Audiovisuais

Estudantes da Unia informados sobre a MultiChoice Talent Factory 2019

Estudantes da Unia informados sobre a MultiChoice Talent Factory 2019
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

Quase 150 estudantes do Curso de Ciências da Comunicação da Universidade Independente de Angola (Unia) participaram num encontro com a Directora de Assuntos Corporativos da MultiChoice Angola, Estefânia de Sousa, com objectivo de serem informados sobre aquela que é a maior iniciativa para a promoção e alavancagem da indústria de cinema em Angola e em África, a MultiChoice Talent Factory.

Lançada em Maio de 2018, como parte de uma iniciativa de responsabilidade social da MultiChoice África e destinada a impulsionar a indústria criativa africana através da realização de filmes e produção de TV, as Academias MTF abriram oficialmente as candidaturas para o próximo ano, estas que decorrem até ao dia 14 de Junho.

O objectivo é receber candidaturas de estudantes com alguma experiência na indústria ou com qualificação pós-escolar em cinematografia, em 13 países emergentes do continente.

“Esta é uma fantástica oportunidade para os jovens angolanos, em particular, e para os africanos, em geral, aperfeiçoarem as suas competências cinematográficas e televisivas sob a orientação de especialistas africanos e não só, já que a MTF possui agora um acordo com a New York Film Academy College of Visual Performing Arts (NYFA), uma escola de artes visuais e representação conhecida mundialmente”, disse a responsável de comunicação da MultiChoice Angola.

Tal como na edição passada, recorde-se que para o ano lectivo de 2019/2020 serão seleccionados um total de 60 estudantes de 13 países em que a MultiChoice Africa está presente para que, durante um ano, os mesmos possam receber formação, nos três centros da academia, localizados na África Austral (Lusaka, Zâmbia), África Oriental (Nairobi, Quénia) e África Ocidental (Lagos, Nigéria), orientados pelos líderes da indústria do cinema em África, Berry Lwando, Njoki Muhoho e Femi Odugbemi, respectivamente.

Num comunicado enviado ao ONgoma News, a organização lembra ainda que, como parte do curriculum, os jovens recebem formação e experiência prática na indústria do cinema com foco na narração de histórias, produção, som, realização e outras áreas fundamentais.

As academias oferecem ainda aos estudantes uma oportunidade de aprenderem directamente com especialistas da indústria, trabalhar em live sets de produções e criar conteúdos originais, que serão transmitidos em vários canais locais da M-Net de todas as plataformas da MultiChoice/DStv.

Os requisitos para se candidatar à Academia MTF incluem ser fluente na língua inglesa evVisitar www.multichoicetalentfactory.com antes de 14 de Junho seguir os passos e efectuar a candidatura.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

Quase 150 estudantes do Curso de Ciências da Comunicação da Universidade Independente de Angola (Unia) participaram num encontro com a Directora de Assuntos Corporativos da MultiChoice Angola, Estefânia de Sousa, com objectivo de serem informados sobre aquela que é a maior iniciativa para a promoção e alavancagem da indústria de cinema em Angola e em África, a MultiChoice Talent Factory.

Lançada em Maio de 2018, como parte de uma iniciativa de responsabilidade social da MultiChoice África e destinada a impulsionar a indústria criativa africana através da realização de filmes e produção de TV, as Academias MTF abriram oficialmente as candidaturas para o próximo ano, estas que decorrem até ao dia 14 de Junho.

O objectivo é receber candidaturas de estudantes com alguma experiência na indústria ou com qualificação pós-escolar em cinematografia, em 13 países emergentes do continente.

“Esta é uma fantástica oportunidade para os jovens angolanos, em particular, e para os africanos, em geral, aperfeiçoarem as suas competências cinematográficas e televisivas sob a orientação de especialistas africanos e não só, já que a MTF possui agora um acordo com a New York Film Academy College of Visual Performing Arts (NYFA), uma escola de artes visuais e representação conhecida mundialmente”, disse a responsável de comunicação da MultiChoice Angola.

Tal como na edição passada, recorde-se que para o ano lectivo de 2019/2020 serão seleccionados um total de 60 estudantes de 13 países em que a MultiChoice Africa está presente para que, durante um ano, os mesmos possam receber formação, nos três centros da academia, localizados na África Austral (Lusaka, Zâmbia), África Oriental (Nairobi, Quénia) e África Ocidental (Lagos, Nigéria), orientados pelos líderes da indústria do cinema em África, Berry Lwando, Njoki Muhoho e Femi Odugbemi, respectivamente.

Num comunicado enviado ao ONgoma News, a organização lembra ainda que, como parte do curriculum, os jovens recebem formação e experiência prática na indústria do cinema com foco na narração de histórias, produção, som, realização e outras áreas fundamentais.

As academias oferecem ainda aos estudantes uma oportunidade de aprenderem directamente com especialistas da indústria, trabalhar em live sets de produções e criar conteúdos originais, que serão transmitidos em vários canais locais da M-Net de todas as plataformas da MultiChoice/DStv.

Os requisitos para se candidatar à Academia MTF incluem ser fluente na língua inglesa evVisitar www.multichoicetalentfactory.com antes de 14 de Junho seguir os passos e efectuar a candidatura.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form