Sociedade
Educação

Embaixada dos EUA em Angola mantém abertas as candidaturas para bolsas de estudo de Mestrado

Embaixada dos EUA em Angola mantém abertas as candidaturas para bolsas de estudo de Mestrado
Foto por:
vídeo por:
DR

A Embaixada dos Estados Unidos da América iniciou, no passado dia 31 de Janeiro, o período de candidatura para o Programa de Mestrado Fulbright, destinado a estudantes estrangeiros, ao abrigo da iniciativa J. William Fulbright, referente ao ano académico 2019/2020.

As candidaturas, que decorrem até 20 de Abril deste ano, habilitam os selecionados à bolsa Fulbright, que visa fortalecer as relações entre o povo norte-americano e os povos de outros países, para a frequência em regime presencial e a tempo integral de cursos de Mestrado em universidades nos Estados Unidos da América.

Para tal, os candidatos têm de possuir o diploma de Licenciatura (4 ou mais anos de estudo universitário, incluindo a defesa de tese e ter em posse o diploma), nacionalidade angolana (e residente em Angola) e fluência em inglês, sendo que as bolsas destinam-se às áreas de Administração Pública, Análise e Gestão de Política Pública, Ciências Políticas, Desenvolvimento Económico, Direito e Direitos Humanos, Economia Agrícola, Finanças e Banca, Gestão do Meio Ambiente, Jornalismo/Comunicação, Planeamento Educacional, Planeamento Regional e Urbano, Saúde Pública, entre outras.

No entanto, as bolsas não abarcam a frequência de cursos de Medicina que envolvam intervenções em seres humanos e teologia.

Por outro lado, de acordo com o comunicado enviado ao ONgoma News, os candidatos devem candidatos que não preencham esses requisitos serão excluídos, e será dada preferência àqueles que não tenham beneficiado de uma bolsa de estudo nos Estados Unidos da América.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

A Embaixada dos Estados Unidos da América iniciou, no passado dia 31 de Janeiro, o período de candidatura para o Programa de Mestrado Fulbright, destinado a estudantes estrangeiros, ao abrigo da iniciativa J. William Fulbright, referente ao ano académico 2019/2020.

As candidaturas, que decorrem até 20 de Abril deste ano, habilitam os selecionados à bolsa Fulbright, que visa fortalecer as relações entre o povo norte-americano e os povos de outros países, para a frequência em regime presencial e a tempo integral de cursos de Mestrado em universidades nos Estados Unidos da América.

Para tal, os candidatos têm de possuir o diploma de Licenciatura (4 ou mais anos de estudo universitário, incluindo a defesa de tese e ter em posse o diploma), nacionalidade angolana (e residente em Angola) e fluência em inglês, sendo que as bolsas destinam-se às áreas de Administração Pública, Análise e Gestão de Política Pública, Ciências Políticas, Desenvolvimento Económico, Direito e Direitos Humanos, Economia Agrícola, Finanças e Banca, Gestão do Meio Ambiente, Jornalismo/Comunicação, Planeamento Educacional, Planeamento Regional e Urbano, Saúde Pública, entre outras.

No entanto, as bolsas não abarcam a frequência de cursos de Medicina que envolvam intervenções em seres humanos e teologia.

Por outro lado, de acordo com o comunicado enviado ao ONgoma News, os candidatos devem candidatos que não preencham esses requisitos serão excluídos, e será dada preferência àqueles que não tenham beneficiado de uma bolsa de estudo nos Estados Unidos da América.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form