Internacional
Política

Donald Trump avisa que Estado Islâmico vai "pagar caro"

Donald Trump avisa que Estado Islâmico vai "pagar caro"
Foto por:
vídeo por:
DR

Donald Trump prometeu esta sexta-feira que o autoproclamado Estado Islâmico “pagará caro” por qualquer ataque contra os Estados Unidos da América (EUA).

O presidente dos EUA usou a sua conta no Twitter para deixar esta ameaça aos jihadistas. "O Estado Islâmico assegura que o animal degenerado que matou e feriu gravemente gente maravilhosa no West Side era um seu 'soldado'. Por causa disso, o exército bombardeou mais duramente o Estado Islâmico nos últimos dois dias. Pagarão caro por cada ataque contra nós", escreveu Donald Trump.

Esta mensagem surge dias depois de um grupo terrorista ter reivindicado o atentado da passada terça-feira em Nova Iorque, que matou oito pessoas, noticiou Jornal i.

Dois dias depois do ataque, o Estado Islâmico declarou que Sayfullo Saipov, o cidadão uzbeque que perpetrou o ataque, é um dos seus ‘soldados’: "Um dos soldados do Estado Islâmico atacou os cruzados numa rua de Nova Iorque", revelou o grupo terrorista num comunicado publicado no Al-Naba, o seu órgão de propaganda online.

"Pela graça de Alá, a operação desencadeou o medo na América dos cruzados, pondo em causa as medidas de segurança e a intensificação dos dispositivos contra os imigrantes na América”, acrescenta.

O atacante de 29 anos revelou durante o interrogatório que tinha agido “em nome do Estado Islâmico”, daclarando-se “orgulhoso” do que tinha feito. Donald Trump já pediu a pena de morte para Saipov.

6galeria

Redacção

Donald Trump prometeu esta sexta-feira que o autoproclamado Estado Islâmico “pagará caro” por qualquer ataque contra os Estados Unidos da América (EUA).

O presidente dos EUA usou a sua conta no Twitter para deixar esta ameaça aos jihadistas. "O Estado Islâmico assegura que o animal degenerado que matou e feriu gravemente gente maravilhosa no West Side era um seu 'soldado'. Por causa disso, o exército bombardeou mais duramente o Estado Islâmico nos últimos dois dias. Pagarão caro por cada ataque contra nós", escreveu Donald Trump.

Esta mensagem surge dias depois de um grupo terrorista ter reivindicado o atentado da passada terça-feira em Nova Iorque, que matou oito pessoas, noticiou Jornal i.

Dois dias depois do ataque, o Estado Islâmico declarou que Sayfullo Saipov, o cidadão uzbeque que perpetrou o ataque, é um dos seus ‘soldados’: "Um dos soldados do Estado Islâmico atacou os cruzados numa rua de Nova Iorque", revelou o grupo terrorista num comunicado publicado no Al-Naba, o seu órgão de propaganda online.

"Pela graça de Alá, a operação desencadeou o medo na América dos cruzados, pondo em causa as medidas de segurança e a intensificação dos dispositivos contra os imigrantes na América”, acrescenta.

O atacante de 29 anos revelou durante o interrogatório que tinha agido “em nome do Estado Islâmico”, daclarando-se “orgulhoso” do que tinha feito. Donald Trump já pediu a pena de morte para Saipov.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form