Sociedade
Saúde

Confirmado caso de Gripe A

Confirmado caso de Gripe A
Foto por:
vídeo por:
DR

Uma cidadã angolana foi diagnosticada positivo, nos dois últimos dias, com gripe A (H1N1), anunciou ontem, em Luanda, o Ministério da Saúde (MINSA).

A cidadã em causa, segundo o comunicado do MINSA, passou recentemente pela cidade de São Paulo (Brasil) e, perante este caso, que se deu numa das clínicas privadas da cidade capital, segundo o Portal de Angola, adianta o departamento ministerial que foram imediatamente mobilizados todos os subsistemas de saúde nacional e a Organização Mundial da Saúde (OMS), accionando-se os mecanismos de prevenção e controlo.

“A doente encontra-se isolada. As pessoas que estiveram em contacto  directo com ela apresentam exames negativos para o vírus em causa, mantendo-se sob vigilância médica”, lê-se na nota, a que tivemos acesso, que adianta que, até ao presente momento, não se registaram quaisquer outros casos da doença.

Entretanto, o MINSA adiantou no documento que se mantém atento e acompanha de perto o desenvolvimento da situação, exortando a população a manter-se calma e serena, pois, de acordo com a OMS, o facto de se detectar o H1N1 corresponde a um estado de alerta de nível 1, o mais baixo numa escala de 0 a 5.

Como medidas de prevenção, por se tratar de uma doença particularmente contagiosa, transmitida por via aérea através do contacto com objectos contaminados, a entidade governamental recomenda a lavagem das mãos com água e sabão ou desinfectá-las com álcool, depois de qualquer contacto ou qualquer actividade, ao tossir ou espirrar cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel, bem como comunicar às autoridades sanitárias os casos de suspeitos de gripe A.

6galeria

Redacção

Uma cidadã angolana foi diagnosticada positivo, nos dois últimos dias, com gripe A (H1N1), anunciou ontem, em Luanda, o Ministério da Saúde (MINSA).

A cidadã em causa, segundo o comunicado do MINSA, passou recentemente pela cidade de São Paulo (Brasil) e, perante este caso, que se deu numa das clínicas privadas da cidade capital, segundo o Portal de Angola, adianta o departamento ministerial que foram imediatamente mobilizados todos os subsistemas de saúde nacional e a Organização Mundial da Saúde (OMS), accionando-se os mecanismos de prevenção e controlo.

“A doente encontra-se isolada. As pessoas que estiveram em contacto  directo com ela apresentam exames negativos para o vírus em causa, mantendo-se sob vigilância médica”, lê-se na nota, a que tivemos acesso, que adianta que, até ao presente momento, não se registaram quaisquer outros casos da doença.

Entretanto, o MINSA adiantou no documento que se mantém atento e acompanha de perto o desenvolvimento da situação, exortando a população a manter-se calma e serena, pois, de acordo com a OMS, o facto de se detectar o H1N1 corresponde a um estado de alerta de nível 1, o mais baixo numa escala de 0 a 5.

Como medidas de prevenção, por se tratar de uma doença particularmente contagiosa, transmitida por via aérea através do contacto com objectos contaminados, a entidade governamental recomenda a lavagem das mãos com água e sabão ou desinfectá-las com álcool, depois de qualquer contacto ou qualquer actividade, ao tossir ou espirrar cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel, bem como comunicar às autoridades sanitárias os casos de suspeitos de gripe A.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form