Ciência & Tecnologia
Educação

Condições especiais para os serviços de conectividade no ensino em Angola

Condições especiais para os serviços de conectividade no ensino em Angola
Foto por:
vídeo por:
DR

A ITA – Internet Technologies Angola anunciou ontem que preparou condições especiais para os serviços de conectividade, afim de apoiar o sector do ensino em Angola, para que professores e alunos conectem-se facilmente, através das plataformas online.

Pensando nas necessidades que o sector  possui a nível de adaptação ao ensino a distância, a empresa criou um pacote especial de conectividade que engloba internet com banda dedicada de alta performance de 150 Mpbs, tanto para receber (download) como para enviar (upload) dados e vídeos ilimitados.

O ambiente de tele-ensino exige que as instituições tenham ligações que permitam uma melhor conectividade entre os professores e as suas turmas no ambiente digital, principalmente para o envio e recepção de ficheiros e vídeos, através da internet. Em grande parte, as escolas têm mais de 50 professores a fazerem vídeo-chamadas em simultâneo, cada um para a sua turma, explica o engenheiro Francisco Pinto Leite, director-geral da ITA, citado no comunicado a que o site Menos Fio teve acesso.

A organização, que conta com instalações terrestres em fibra óptica e micro-ondas em 14 províncias com mais de 150 torres de telecomunicações e uma malha de fibra óptica de cinco mil quilómetros, cobre os mais de 1.2 milhões de quilómetros quadrados do território nacional, com a tecnologia mais avançada de satélite e monitorizada 24h todos os dias, será  responsável por prover um serviço de qualidade e alta performance ao sector de ensino, um factor chave para a inclusão digital em Angola.

O pacote especial está disponível nas 14 províncias onde a ITA tem infra-estruturas terrestres em fibra óptica e micro-ondas, sem um prazo de validade.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

A ITA – Internet Technologies Angola anunciou ontem que preparou condições especiais para os serviços de conectividade, afim de apoiar o sector do ensino em Angola, para que professores e alunos conectem-se facilmente, através das plataformas online.

Pensando nas necessidades que o sector  possui a nível de adaptação ao ensino a distância, a empresa criou um pacote especial de conectividade que engloba internet com banda dedicada de alta performance de 150 Mpbs, tanto para receber (download) como para enviar (upload) dados e vídeos ilimitados.

O ambiente de tele-ensino exige que as instituições tenham ligações que permitam uma melhor conectividade entre os professores e as suas turmas no ambiente digital, principalmente para o envio e recepção de ficheiros e vídeos, através da internet. Em grande parte, as escolas têm mais de 50 professores a fazerem vídeo-chamadas em simultâneo, cada um para a sua turma, explica o engenheiro Francisco Pinto Leite, director-geral da ITA, citado no comunicado a que o site Menos Fio teve acesso.

A organização, que conta com instalações terrestres em fibra óptica e micro-ondas em 14 províncias com mais de 150 torres de telecomunicações e uma malha de fibra óptica de cinco mil quilómetros, cobre os mais de 1.2 milhões de quilómetros quadrados do território nacional, com a tecnologia mais avançada de satélite e monitorizada 24h todos os dias, será  responsável por prover um serviço de qualidade e alta performance ao sector de ensino, um factor chave para a inclusão digital em Angola.

O pacote especial está disponível nas 14 províncias onde a ITA tem infra-estruturas terrestres em fibra óptica e micro-ondas, sem um prazo de validade.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form