Showbiz
Competição

Concurso que procura a melhor DJ feminina já conhece finalistas

Concurso que procura a melhor DJ feminina já conhece finalistas
Foto por:
vídeo por:
DR

O concurso "Smirnoff Female DJ Search" acaba de anunciar as finalistas dessa competição que conta com actuações ao vivo para identificar a melhor DJ feminina de Angola.

São elas, de Luanda, as DJ Avassaladora, DJ Ery Mangueira, DJ Lena Lee e DJ Lúcia Afrodite; DJ Cleo, do Huambo, e, do Lobito, a DJ Edna, as finalistas que lutam pelo primeiro lugar, passando a ser agora avaliadas pelo público, que vai escolher a sua favorita através das redes sociais da Smirnoff Angola, onde estão os vídeos das concorrentes.

Depois desta votação pública, de acordo com a nota que recebemos, as duas finalistas mais votadas vão actuar no Mercado de Comida, no dia 3 de Dezembro próximo, onde será anunciada a grande vencedora.

As finalistas angolanas ultrapassaram vários desafios para se tonarem DJs, numa profissão ainda vista como maioritariamente masculina. Por outro lado, o profissionalismo e a capacidade técnica das DJs mostra que estas barreiras estão a cair, e que o mundo está cada vez mais exigente e mais unido pela igualdade em todas as profissões.

Mas se todas as finalistas têm uma ambição em mente, é a de se tornarem DJs conhecidas nacional e internacionalmente, e serem um modelo para outras mulheres que sonham com esta ou com outra carreira, declara a organização em comunicado.

"Procuramos imaginação, originalidade, técnica, presença no palco, energia e capacidade de mistura – e acreditamos que temos um grupo muito forte de jovens DJs femininas, que não só ajudarão a promover a igualdade de género, mas também uma nova abordagem à música electrónica angolana. Desejo a todas as finalistas a boa sorte, e à vencedora que abrace esta oportunidade com toda a força e capacidade que tem", incentivou a júri DJ Leo Cris.

Por sua vez, a DJ Elly Chuva, também júri do concurso, afirmou que "ser DJ feminina não é um caminho fácil, e é preciso muito poder de permanência. É por isso que a competição é tão importante, pois dá às DJs um grande impulso na sua carreira. Assim, percebem também que é a sua vez de brilhar e de aproveitar esta grande oportunidade".

Como avança o comunicado, a vencedora vai ganhar uma mentoria exclusiva com a DJ Elly Chuva, e equipamento avaliado em mais de 2.300.000 kzs, incluindo um contrato para actuar nas activações e eventos da Smirnoff.

"Estamos emocionados com a resposta ao concurso, e encantados porque cumprimos o objectivo de inspirar e lançar uma nova onda de grandes DJs angolanas, enquanto promovemos a igualdade de género. Estamos agora numa fase emocionante do DJ Search, que é a escolha da finalista, e convidamos o público a votar na sua favorita, que poderá ser a próxima grande DJ angolana", remata a gestora de marca da Smirnoff Angola, Inês Pascoal.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

O concurso "Smirnoff Female DJ Search" acaba de anunciar as finalistas dessa competição que conta com actuações ao vivo para identificar a melhor DJ feminina de Angola.

São elas, de Luanda, as DJ Avassaladora, DJ Ery Mangueira, DJ Lena Lee e DJ Lúcia Afrodite; DJ Cleo, do Huambo, e, do Lobito, a DJ Edna, as finalistas que lutam pelo primeiro lugar, passando a ser agora avaliadas pelo público, que vai escolher a sua favorita através das redes sociais da Smirnoff Angola, onde estão os vídeos das concorrentes.

Depois desta votação pública, de acordo com a nota que recebemos, as duas finalistas mais votadas vão actuar no Mercado de Comida, no dia 3 de Dezembro próximo, onde será anunciada a grande vencedora.

As finalistas angolanas ultrapassaram vários desafios para se tonarem DJs, numa profissão ainda vista como maioritariamente masculina. Por outro lado, o profissionalismo e a capacidade técnica das DJs mostra que estas barreiras estão a cair, e que o mundo está cada vez mais exigente e mais unido pela igualdade em todas as profissões.

Mas se todas as finalistas têm uma ambição em mente, é a de se tornarem DJs conhecidas nacional e internacionalmente, e serem um modelo para outras mulheres que sonham com esta ou com outra carreira, declara a organização em comunicado.

"Procuramos imaginação, originalidade, técnica, presença no palco, energia e capacidade de mistura – e acreditamos que temos um grupo muito forte de jovens DJs femininas, que não só ajudarão a promover a igualdade de género, mas também uma nova abordagem à música electrónica angolana. Desejo a todas as finalistas a boa sorte, e à vencedora que abrace esta oportunidade com toda a força e capacidade que tem", incentivou a júri DJ Leo Cris.

Por sua vez, a DJ Elly Chuva, também júri do concurso, afirmou que "ser DJ feminina não é um caminho fácil, e é preciso muito poder de permanência. É por isso que a competição é tão importante, pois dá às DJs um grande impulso na sua carreira. Assim, percebem também que é a sua vez de brilhar e de aproveitar esta grande oportunidade".

Como avança o comunicado, a vencedora vai ganhar uma mentoria exclusiva com a DJ Elly Chuva, e equipamento avaliado em mais de 2.300.000 kzs, incluindo um contrato para actuar nas activações e eventos da Smirnoff.

"Estamos emocionados com a resposta ao concurso, e encantados porque cumprimos o objectivo de inspirar e lançar uma nova onda de grandes DJs angolanas, enquanto promovemos a igualdade de género. Estamos agora numa fase emocionante do DJ Search, que é a escolha da finalista, e convidamos o público a votar na sua favorita, que poderá ser a próxima grande DJ angolana", remata a gestora de marca da Smirnoff Angola, Inês Pascoal.

6galeria

Artigos relacionados

No items found.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form