Desporto
Basquetebol

Clube do Kilamba sagra-se vencedor da 4ª edição do Torneio 1 de Junho

Clube do Kilamba sagra-se vencedor da  4ª edição do Torneio 1 de Junho
Foto por:
vídeo por:
Cedidas

O Clube Desportivo do Kilamba foi o vencedor da prova em sub 16 masculino, ao derrotar no derradeiro jogo os juvenis do Petro de Luanda, por 43-42, na disputa da 4ª edição do Torneio 1 de Junho, realizado nos dias 1 e 2 deste mês, no Pavilhão Multiusos do Kilamba.

Trata-se de um torneio que visou incutir aos pais e encarregados de educação a prática pelo desporto, mas concretamente o basquetebol, e para o efeito, a agência Marksport reuniu 30 equipas nas classes de iniciados e juvenis.

O Clube do Kilamba terminou na primeira posição em iniciados e juvenis masculinos, ao passo que na classe feminina em sub 14 e 16 o 1º de Agosto não deu espaço às adversárias e posicionou-se no primeiro posto.

Ao contrário das edições passadas, em 2019, a prova contou com um total de 30 equipas representadas, das quais 8 femininas e 22 masculinas, nos escalões de iniciados e juvenis.

Nesta 4ª edição participou não só o padrinho do torneio, Yanick Moreira, mas também pais e encarregados de educação e de diversos expoentes do basquetebol sénior, com destaque para os coaches do 1º de Agosto, Paulo Macedo, e do Petro de Luanda, Lazare Adingono.

Na qualidade de padrinho da 4ª temporada do evento, citado no comunicado que recebemos, Yanick Moreira engrandeceu a iniciativa, visto que dá maior ritmo competitivo aos escalões de formação e festejar o Dia Mundial da Criança, 1 de Junho.

Para os pais, o torneio serviu como uma mais-valia, no sentido de incentivar as crianças a praticarem o desporto. Por essa razão, o apoio da comunidade é muito importante para os atletas, visto que praticando desporto estão a se sociabilizar de uma outra forma.

Os técnicos do Petro de Luanda e 1º de Agosto, Lazare Adingono e Paulo Macedo, respectivamente, compartilham a mesma ideia, de que a iniciativa merece ser apreciada por todos, partindo dos formadores, treinadores e educadores, de modo a se criar laços de proximidade para partilhar experiências profissionais com os juvenis e iniciados (sub-14).

“Estamos aqui para partilhar a nossa experiência do ponto de vista do basquetebol e também educacional, estas duas vertentes são importantes. E também partilhar as nossas experiências profissionais com eles, para que consigam sonhar o mais alto possível para conseguirem alcançar. Devemos felicitar também a acção dos pais, porque há jovens com boa educação e postura, e isso ajuda o trabalho do treinador.

Passamos uma mensagem aos meninos sobre o que devem fazer e aprender para que no futuro possamos vê-los a competir nas equipas seniores”, afirmaram.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

O Clube Desportivo do Kilamba foi o vencedor da prova em sub 16 masculino, ao derrotar no derradeiro jogo os juvenis do Petro de Luanda, por 43-42, na disputa da 4ª edição do Torneio 1 de Junho, realizado nos dias 1 e 2 deste mês, no Pavilhão Multiusos do Kilamba.

Trata-se de um torneio que visou incutir aos pais e encarregados de educação a prática pelo desporto, mas concretamente o basquetebol, e para o efeito, a agência Marksport reuniu 30 equipas nas classes de iniciados e juvenis.

O Clube do Kilamba terminou na primeira posição em iniciados e juvenis masculinos, ao passo que na classe feminina em sub 14 e 16 o 1º de Agosto não deu espaço às adversárias e posicionou-se no primeiro posto.

Ao contrário das edições passadas, em 2019, a prova contou com um total de 30 equipas representadas, das quais 8 femininas e 22 masculinas, nos escalões de iniciados e juvenis.

Nesta 4ª edição participou não só o padrinho do torneio, Yanick Moreira, mas também pais e encarregados de educação e de diversos expoentes do basquetebol sénior, com destaque para os coaches do 1º de Agosto, Paulo Macedo, e do Petro de Luanda, Lazare Adingono.

Na qualidade de padrinho da 4ª temporada do evento, citado no comunicado que recebemos, Yanick Moreira engrandeceu a iniciativa, visto que dá maior ritmo competitivo aos escalões de formação e festejar o Dia Mundial da Criança, 1 de Junho.

Para os pais, o torneio serviu como uma mais-valia, no sentido de incentivar as crianças a praticarem o desporto. Por essa razão, o apoio da comunidade é muito importante para os atletas, visto que praticando desporto estão a se sociabilizar de uma outra forma.

Os técnicos do Petro de Luanda e 1º de Agosto, Lazare Adingono e Paulo Macedo, respectivamente, compartilham a mesma ideia, de que a iniciativa merece ser apreciada por todos, partindo dos formadores, treinadores e educadores, de modo a se criar laços de proximidade para partilhar experiências profissionais com os juvenis e iniciados (sub-14).

“Estamos aqui para partilhar a nossa experiência do ponto de vista do basquetebol e também educacional, estas duas vertentes são importantes. E também partilhar as nossas experiências profissionais com eles, para que consigam sonhar o mais alto possível para conseguirem alcançar. Devemos felicitar também a acção dos pais, porque há jovens com boa educação e postura, e isso ajuda o trabalho do treinador.

Passamos uma mensagem aos meninos sobre o que devem fazer e aprender para que no futuro possamos vê-los a competir nas equipas seniores”, afirmaram.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form