Actualidade
Política

Chivukuvuku regressa à vida política com um novo partido

Chivukuvuku regressa à vida política com um novo partido
Foto por:
vídeo por:
DR

O ex-presidente da CASA-CE afirmou ontem que vai voltar à vida política com a criação, nos próximos três meses, de um novo partido político, mas desta vez sem quaisquer compromissos e alianças partidárias.

Abel Chivukuvuku prestou estas declarações à imprensa, após ser recebido, em audiência, no Palácio Presidencial, pelo Presidente João Lourenço, a quem foi agradecer o apoio dado quando esteve doente.

“Dentro de três meses, o apito vai tocar e vamos indicar o caminho. Não com o PODEMOS, porque, há dois dias, o Tribunal Constitucional, sem assinatura do juiz-presidente, chumbou o PODEMOS”, sublinhou, e sobre este mesmo facto, Abel Chivukuvuku disse não constituir novidade, na medida em que faz parte de uma “tentativa-padrão” de impedi-lo de voltar para a vida política.

Sem falar em aliados, disse haver alternativas para a criação de uma nova força política, noticiou o Jornal de Angola.

Para o político, uma das alternativas passa por “criar a uma força política de raiz” com os seus seguidores, disse Chivukuvuku, afirmando desconhecer qualquer iniciativa de ligação ao partido APN.

6galeria

Redacção

O ex-presidente da CASA-CE afirmou ontem que vai voltar à vida política com a criação, nos próximos três meses, de um novo partido político, mas desta vez sem quaisquer compromissos e alianças partidárias.

Abel Chivukuvuku prestou estas declarações à imprensa, após ser recebido, em audiência, no Palácio Presidencial, pelo Presidente João Lourenço, a quem foi agradecer o apoio dado quando esteve doente.

“Dentro de três meses, o apito vai tocar e vamos indicar o caminho. Não com o PODEMOS, porque, há dois dias, o Tribunal Constitucional, sem assinatura do juiz-presidente, chumbou o PODEMOS”, sublinhou, e sobre este mesmo facto, Abel Chivukuvuku disse não constituir novidade, na medida em que faz parte de uma “tentativa-padrão” de impedi-lo de voltar para a vida política.

Sem falar em aliados, disse haver alternativas para a criação de uma nova força política, noticiou o Jornal de Angola.

Para o político, uma das alternativas passa por “criar a uma força política de raiz” com os seus seguidores, disse Chivukuvuku, afirmando desconhecer qualquer iniciativa de ligação ao partido APN.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form