Internacional
Política

China apela a Pyongyang e Washington que concretizem consenso

China apela a Pyongyang e Washington que concretizem consenso
Foto por:
vídeo por:
DR

 

Um alto líder chinês disse hoje ao líder norte-coreano, KimJong-un, que Pequim deseja que Pyongyang e Washington concretizem o consenso alcançado durante a cimeira de Singapura, visando a desnuclearização da península coreana.

"Apreciamos muito os esforços feitos pela Coreia do Norte para assegurar a paz e estabilidade na península", disse Li, presidente da Assembleia Nacional Popular, domingo, em Pyongyang, nas celebrações do 70.º aniversário da fundação da Coreia do Norte.

De acordo com a agência noticiosa oficial Xinhua, Li afirmou ainda que Pequim espera que EUA e Coreia do Norte concretizem o consenso alcançado em Junho passado, durante a histórica cimeira entre Kim Jong-un e oPresidente norte-americano, Donald Trump.

Os dois lados prometeram "estabelecer novas relações" e assegurar uma "paz duradoura e estável", enquanto Pyongyang reiterou o compromisso com a "total desnuclearização da península coreana".

Kim Jong-un afirmou que o seu país "adere ao consenso da cúpula e que adotou medidas" visando a desnuclearização.

"Esperamos ações concretas por parte dos EUA para promover, em conjunto, uma solução política na península", afirmou.

A China é o mais importante aliado diplomático e parceiro comercial de Pyongyang

 

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

 

Um alto líder chinês disse hoje ao líder norte-coreano, KimJong-un, que Pequim deseja que Pyongyang e Washington concretizem o consenso alcançado durante a cimeira de Singapura, visando a desnuclearização da península coreana.

"Apreciamos muito os esforços feitos pela Coreia do Norte para assegurar a paz e estabilidade na península", disse Li, presidente da Assembleia Nacional Popular, domingo, em Pyongyang, nas celebrações do 70.º aniversário da fundação da Coreia do Norte.

De acordo com a agência noticiosa oficial Xinhua, Li afirmou ainda que Pequim espera que EUA e Coreia do Norte concretizem o consenso alcançado em Junho passado, durante a histórica cimeira entre Kim Jong-un e oPresidente norte-americano, Donald Trump.

Os dois lados prometeram "estabelecer novas relações" e assegurar uma "paz duradoura e estável", enquanto Pyongyang reiterou o compromisso com a "total desnuclearização da península coreana".

Kim Jong-un afirmou que o seu país "adere ao consenso da cúpula e que adotou medidas" visando a desnuclearização.

"Esperamos ações concretas por parte dos EUA para promover, em conjunto, uma solução política na península", afirmou.

A China é o mais importante aliado diplomático e parceiro comercial de Pyongyang

 

6galeria

Artigos relacionados

No items found.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form