Desporto
Competição

Campeonato Unitel TMT 3X3 apresentado em Luanda

Campeonato Unitel TMT 3X3 apresentado em Luanda
Foto por:
vídeo por:
Andrade Lino

Foi apresentado ontem, em Luanda, em conferência de imprensa, no restaurante Junkembo, o Unitel The Muzadi Tour, um campeonato de basquetebol 3 contra 3 que tem a assinatura do ex-jogador da Selecção Angolana de Basquetebol Masculino Victor Muzadi, mas que agora surge num formato promovido por aquela que é a primeira companhia de telecomunicações angolana.

O TMT, que já teve até edições noutros países africanos, é uma competição homologada pela FIBA (Federação Internacional de Basquetebol Amador), em que os jogos são realizados em quadras abertas, num espaço reduzido, sendo que a intenção é servir de uma plataforma que dê oportunidade a talentos de rua de representarem a selecção, ou simplesmente o seu bairro ou cidade, em partidas rápidas e competitivas, sem um orientador.

Entretanto, nesse ano o evento tem lugar na província do Namibe, nos dias 23 e 24 de Julho próximo, e ainda nos dias 30 e 31 do mesmo mês, em Benguela, com a intenção de chegar a abranger o país inteiro.

De acordo com Victor Muzadi, diariamente, decorrerão mais de 250 jogos, de 10 minutos, das 9h00 às 20h00, sensivelmente, tendo adiantado que a competição acontecerá por sorteio de grupos e as pré-inscrições decorrem no portal da Unitel, onde também serão transmitidos os jogos.  

Ademais, o craque declarou que o objectivo do projecto é tornar o desporto mais atractivo e elevar o nível do basquetebol. “Provavelmente irá competir, nas finais, uma equipa da África do sul. A ideia é conseguir abranger as 18 províncias e depois criar uma competição que envolva cidades vizinhas, conceito que já estava criado antes da pandemia, mas que por causa da Covid teve que sofrer um recuo. É uma oportunidade para qualquer pessoa, de qualquer idade, apresentar o seu talento”, reforçou.  

A Unitel, numa mensagem lida pelo interlocutor, afirmou sempre associar ao desporto nacional, “por encontrar neste pilar da sociedade um conjunto de características que coadunam com a sua identidade e com o perfil dos seus clientes e dos angolanos no geral”.

No mesmo documento, a empresa continua que tem apoiado os programas desportivos que incentivem o espírito de colectividade, inclusão em todas as faixas etárias em sectores que incorporam valores como disciplina, o bom senso desportivo e o trabalho em equipa.

Destaque

No items found.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

Foi apresentado ontem, em Luanda, em conferência de imprensa, no restaurante Junkembo, o Unitel The Muzadi Tour, um campeonato de basquetebol 3 contra 3 que tem a assinatura do ex-jogador da Selecção Angolana de Basquetebol Masculino Victor Muzadi, mas que agora surge num formato promovido por aquela que é a primeira companhia de telecomunicações angolana.

O TMT, que já teve até edições noutros países africanos, é uma competição homologada pela FIBA (Federação Internacional de Basquetebol Amador), em que os jogos são realizados em quadras abertas, num espaço reduzido, sendo que a intenção é servir de uma plataforma que dê oportunidade a talentos de rua de representarem a selecção, ou simplesmente o seu bairro ou cidade, em partidas rápidas e competitivas, sem um orientador.

Entretanto, nesse ano o evento tem lugar na província do Namibe, nos dias 23 e 24 de Julho próximo, e ainda nos dias 30 e 31 do mesmo mês, em Benguela, com a intenção de chegar a abranger o país inteiro.

De acordo com Victor Muzadi, diariamente, decorrerão mais de 250 jogos, de 10 minutos, das 9h00 às 20h00, sensivelmente, tendo adiantado que a competição acontecerá por sorteio de grupos e as pré-inscrições decorrem no portal da Unitel, onde também serão transmitidos os jogos.  

Ademais, o craque declarou que o objectivo do projecto é tornar o desporto mais atractivo e elevar o nível do basquetebol. “Provavelmente irá competir, nas finais, uma equipa da África do sul. A ideia é conseguir abranger as 18 províncias e depois criar uma competição que envolva cidades vizinhas, conceito que já estava criado antes da pandemia, mas que por causa da Covid teve que sofrer um recuo. É uma oportunidade para qualquer pessoa, de qualquer idade, apresentar o seu talento”, reforçou.  

A Unitel, numa mensagem lida pelo interlocutor, afirmou sempre associar ao desporto nacional, “por encontrar neste pilar da sociedade um conjunto de características que coadunam com a sua identidade e com o perfil dos seus clientes e dos angolanos no geral”.

No mesmo documento, a empresa continua que tem apoiado os programas desportivos que incentivem o espírito de colectividade, inclusão em todas as faixas etárias em sectores que incorporam valores como disciplina, o bom senso desportivo e o trabalho em equipa.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form